quinta-feira, 2 de março de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 14




CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.


* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/ e preencha o formulário ao lado direito da página inicial. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

APROXIMAR-ME DE MINHA FAMÍLIA

Pergunta:

Olá Querido! Tenho 19 anos e sou grato por ter uma família tão linda e amorosa. Por anos, pedi para minha mãe um irmãozinho e falava que teria que ser menino para ser meu parceiro. Pois ele nasceu quando eu tinha 9 anos, e foi recebido com muito amor, mas ao longo do tempo senti meus pais me afastando dele, até que ele começou a se afastar de mim. Embora fisicamente próximos, me encontro espiritualmente e emocionalmente muito longe dele. Não vejo sequer uma brecha para me aproximar e quando tento parece que ele guarda uma grande mágoa misturada de raiva de mim.
Quero saber como posso curar esses sentimentos, me aproximar dele e do restante de minha família. Meu pai e eu sentamos um do lado do outro, raramente tomamos chimarrão ou uma cerveja um com o outro, e quase nenhuma palavra é proferida. Porém, ele está sempre disposto a me ajudar no que eu precisar. Minha mãe até tenta conversar comigo, mas sou eu que evito interações profundas com ela, mas Ás vezes cedo a carinhos. Como posso curar esses sentimentos e me aproximar deles? E se tiver alguma coisa a mais que eu necessite saber me diga por gentileza, NAMASTÊ!

Resposta:

Meu Amado Irmão,
A grande missão de um Trabalhador da Luz é ser Luz para aqueles que estão ao seu redor. Você não veio a esse mundo apenas para ser amado, mas principalmente para aprender a amar a todos incondicionalmente.
Muitas vezes aqueles que estão ao nosso redor não possuem uma vibração semelhante a nós. Então, sentimos esse distanciamento que não é senão aparente, pois é uma questão de ressonância da alma.
Você está em uma família na qual veio para ajudá-los na purificação, mas para isso precisa seguir o caminho de sua alma sem esperar a retribuição. Ao fazer assim, você iluminará todos aqueles que estão ao seu redor.
Você Meu Amado, já esteve em mundos elevados e, por isso, não deve esperar daqueles que estão ao seu lado, um Amor que não se encontra no mundo da matéria. Consciente disso, você aprenderá a buscar esse Amor dentro de si mesmo, a se iluminar, sem esperar nada em troca do mundo externo.
Pois Meu Amado, quando estamos bem conosco mesmo, estamos felizes a irradiar paz a todos ao nosso redor, e isso bastará ao nosso trajeto.
O que você precisa é compreender que está em um nível vibracional diverso de sua família de nascimento e, por isso, se sente distanciado deles. Mas lembre-se Meu Irmão: a separação é aparente, pois ela não existe senão em nossa mente.
Permaneça nessa Confiança e Paz, sabendo do trajeto que deve percorrer que encontrará seu próprio Amor, e esse será o sentimento que o levará a entender, e compreender, todos que estão ao seu redor, identificando os diversos níveis vibracionais sem se deixar levar por eles, mas mantendo o seu próprio trajeto do coração.
Sou seu Irmão Amoroso,

Jesus

DÚVIDAS NA VIDA PROFISSIONAL

Pergunta:

Amados Mestres, não tenho o que me queixar da vida, tenho uma família maravilhosa, tenho saúde, só que minha vida profissional não avança. Já tentei de tudo para melhorar, mas parece que não sai do lugar. Tenho muitas dúvidas por qual caminho seguir. Gostaria de uma orientação nesse sentido. Às vezes me sinto perdido no meio do caminho, sem rumo. O que fazer?

Resposta:

Querido irmão,
Tens a vida preenchida de amor e de paz. Mas não encontras a paz dentro de ti mesmo. Nunca estarás satisfeito, irmão amado, com a necessidade de realização de trabalho que criaste em tua mente, pois esta não existe. Existe sim aquela que está presente em tua vida e que traz todos os recursos necessários para que vivas bem e feliz.
Trabalhas para ter mais reconhecimento meu filho, mas o reconhecimento não é importante e sim a aceitação interna. Tu precisa te reconhecer e te encontrares dentro da tua própria realidade. Meu filho liberta-te da matéria. Liberta-te da necessidade de ser reconhecido pelo externo. Reconhece-te no que és por dentro e verás como és abundante em alegria e realização profissional e pessoal.

Mestre Gregório

ESCOLHA DE RELACIONAMENTO AMOROSO

Pergunta:

Amados mestres!
Vivo um relacionamento cujo dia-a-dia é difícil. Já foi muito mais complicado e depois de muito crescimento pessoal, está se descomplicando. Sou realmente grata pelo aprendizado. Foi um tempo de sofrimento e sentimentos inferiores angustiantes. Sou grata hoje pelo crescimento que precisava ter, e que foram a partir de desavenças, pelos toques que recebi do companheiro. Agradeço a tudo e libero da minha vida as limitações e as brigas. O companheiro (pai de nossos 3 filhos pequenos) também tem crescido muito e eu admiro muito a sua essência, lealdade, força, sensibilidade e presença. A vida ainda não se tornou alegre e leve ao lado dele. E houve uma curta viagem, há pouco, que fizemos separados, para “respirarmos” e estávamos abertos a novas possibilidades na vida. E revi uma pessoa que amei muito, com quem sempre sonhava e sempre está e estava na minha cabeça. Tenho a sensação de ter uma ligação muito especial com esta pessoa. Tenho consciência de que preciso me amar completamente e não esperar ter completude junto com outra pessoa, recebendo seu amor. Mas sempre que me imagino totalmente feliz, é com esta pessoa. Não quero magoar meu atual companheiro (que gosta muito de mim e sofre estando longe – ele voltou antes da viagem dele, por saudade forte de mim. Mas nosso relacionamento é complicado). Tenho a sensação no coração de que minha vida seria mais viva e amorosa se fosse ao lado da outra pessoa. (Mas não tenho certeza dos sentimentos dessa outra pessoa por mim). Peço orientação quanto a que caminho tomar, peço auxilio para o que for melhor a fazer (tem as crianças envolvidas). E peço orientação sobre esse sentimento que sinto pela outra pessoa, é real? É para ser vivido?
Profundamente grata.

Resposta:

Minha querida irmã,
A insatisfação no seu atual relacionamento e o fato de não encontrares a sua felicidade, contribui com a criação, pela sua mente, de diversas possibilidades onde vê você mesma feliz e com outra pessoa.
Esse sentimento é muito natural, mas é nada mais do que uma criação da mente. Criaste essa realidade como uma fuga da sua vida atual, que não a faz feliz.
Portanto minha irmã olhe nesse momento para a sua situação atual. Foque a sua atenção nisso. Se buscares uma melhora no seu relacionamento atual ou mesmo se busca separar-se, isso não é importante. O importante é que algo precisa ser curado nessa experiência. E se entrares em novas experiências agora, trará as mesmas lições para que sejam curadas de uma maneira ou de outra.
Estará repetindo experiências com outra pessoa, por mais que por um primeiro momento não percebas, mas com o tempo verá que situações repetidas começam a ocorrer.
Portanto filha olhe para dentro do seu coração, resolva a sua situação atual, conforte o seu coração.
Encerre um ciclo para então iniciar outro.
Esse é o caminho que trará menos sofrimento, mas mantendo os mesmos aprendizados.
Fique na paz e na luz minha irmã.

Mestra Rowena

EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Pergunta:

Queridos Mestres, estudo ensinamentos espirituais desde a adolescência, mas sinto que obtive pouco desenvolvimento espiritual. Sei que poderia e deveria ter me esforçado mais e ter mais disciplina em colocar em prática o conhecimento adquirido. Ás vezes parece que sou louca em continuar estudando sem ver resultado. Algumas coisas não entendo, por exemplo: por que algumas pessoas céticas ou que não estão nem aí para assuntos espirituais são agraciadas com um contato com Vocês e eu, que estudo seus ensinamentos há tantos anos, não obtenho nenhum sinal, nenhuma resposta? Vejo também pessoas nada espiritualizadas nem tampouco “boas” tendo uma vida tranquila enquanto eu já tive tantas dificuldades. Gostaria de uma explicação! Obrigada.

Resposta:

Minha amada irmã,
Nós sempre estivemos ao seu lado minha querida. A sua vontade de tomar conhecimento dos ensinamentos ascensos mostra apenas um chamado de seu coração para a busca de tudo que possui dentro de si. Você não procurava esses estudos para o simples aprendizado, mas na verdade buscava pelas respostas para seus sentimentos, para compreender seu processo. Esse sempre foi o tom da sua procura. Mas nenhum livro o trará essa verdade, pois ela está guardada em seu coração. Precisa se atentar que a busca de si mesma você não encontrará nos livros, mas será se permitindo sentir suas emoções mais profundas que você se abrirá a nos sentir, a nos receber em seu coração. A busca de todo conhecimento também foi uma forma de se proteger dos ensinamentos, de se proteger de si mesma, pois enquanto buscava as respostas nos livros sagrados se esquecia de olhar ao seu coração.
Você sabe minha irmã que por muito tempo tentamos a comunicação com você, pois sabia que estava a nos receber. Mas isso implicava em tomar contato com suas emoções através da irradiação de nosso amor. A mente, o processo de entendimento e compreensão acaba por nos fechar a verdade de nossa alma.
Você precisa liberar seus sentimentos, tomar contato com suas emoções, para que possa então a partir de seu coração sentir nossa irradiação.
E assim você se questiona porque tantas dificuldades, tantas dores? E nós dizemos esse era nosso chamado à sua verdade, o chamado para que justamente a partir dessas dores, dessas vivências, você buscasse dentro de si a conexão com os ensinamentos dos livros.
Se se permitir a viver essas experiências elas simplesmente virão até você e poderá tomar contato profundo com tudo que te restringia, com a real causa de suas dores, com os bloqueios.
Em seu interior minha irmã há uma busca incessante pela verdade, mas você não busca a verdade dos livros. No fundo está buscando pela sua origem, por sua missão, por seu propósito de alma.
Recomendamos a ti, minha amada, que através da meditação encontre seu silêncio, que vá diariamente buscando essa paz interior para que a partir desse estado possa se abrir a nos receber com todo seu amor.

Sou Rowena, sua irmã.

RELACIONAMENTO COM MEU FILHO

Pergunta:

Olá, não sei mais o que fazer para meu filho parar e me escutar. Meu filho é meu maior tesouro, tem 17 anos, não conhece seu pai biológico. Quando ele tinha 6 anos conheci quem está comigo até hoje e se tornou meu marido, desde então confesso que não me dediquei como devia a meu filho, devia ter dado mais carinho a ele. O que na verdade ele queria é que este meu marido o tivesse aceitado como filho, mas não aconteceu e eu sempre lutei por isso. Não que os dois se desentendessem, mas meu filho queria muito que ele fosse seu pai. Quando meu filho entrou na adolescência começaram as mudanças de comportamento, falta de vontade de ir à escola, de estar sempre na rua, simplificando ele buscava fora o que não tinha em casa. Hoje meu filho tem 17 anos e quer ir embora e ele não me entende e não aceita eu não ter dado o carinho que ele queria. O que faço? Amo muito meu filho e quero-o perto de mim, e continuo lutando para ver ele e meu marido vivendo harmoniosamente.
Deem-me algumas indicações do que devo fazer. Obrigada.

Resposta:

Querida,
O seu filho irá buscar o caminho dele e te deixará livre a viver sua vida. Ele jamais deixará de ser seu filho, mas os pais devem ajudar seus filhos e depois os liberar para que eles sigam seu caminho.
Você não deve entrar no drama da situação, mas simplesmente romper os laços de apego e resistência que guarda em seu coração. O fato de seu filho sentir o anseio de sair de casa e seguir seu caminho será muito positivo para o crescimento de todos os envolvidos.
Como mãe você prefere vê-lo perto sofrendo, ou longe crescendo e feliz? Será que permitir que seu filho siga o caminho dele, assim como você fez um dia não seria o melhor para toda a situação? Sua luta terminaria, seu filho buscaria felicidade dele com responsabilidade e com o tempo ele veria tudo que fez para ele durante todos esses anos.
É que quando estamos no berço do aconchego não somos capazes de dar valor a tudo que temos, mas quando saímos em busca de nossa vida ela nos traz os aprendizados necessários ao nosso crescimento e assim podemos ver tudo que recebemos daqueles que nos amam.
O que posso te dizer minha filha, é que o verdadeiro amor liberta, solta, deixa ir. O apego prende, quer perto, tem medo. Cabe a você minha amada decidir o que quer para sua vida, a felicidade daqueles que ama ou vê-los presos ao seu lado infelizes por não permitir que sigam a vida de seus corações. Liberte seu filho, confie na providência divina que ao longo dos anos você colherá as alegrias de vê-lo bem, forte e feliz. E esse será seu maior presente, algo insubstituível. Fique em paz
Sou seu irmão,

Serapis Bey

MEDO

Pergunta:

De vez em quando, leio por aí coisas como “cuidado com o que pensa, pois isso pode atrair a situação”, ou “aquilo que você teme te acontece”, coisas assim. Eu me sinto meio incomodado quando leio coisas assim, porque de vez em quando vêm pensamentos que me dão medo. E aquele pensamento de que, se eu reprimir, isso pode causar mais estrago. De forma que vem aquela sensação de que eu tenho que lidar com isso de alguma forma. Algumas vezes tenho conseguido alívio. Em outras parece que fica algo preso, o que tem sido bastante incômodo. Vem aquele medo de que isso influencie a realidade. Como lidar com isso?

Resposta:

Filho, entendemos perfeitamente o que sentes.
Erroneamente, muitas pessoas são orientadas a não olhar para os seus maiores medos. Mas sabemos filho, que há situações diferentes vivenciadas para cada pessoa.
Quando algum pensamento persegue você por algum tempo, e tentas encobrir isso seguindo a sua vida, está fazendo nada mais do que mascarando algo que está sendo exposto para que seja curado.
O que precisas tomar como aprendizado filho, é que não deve alimentar pensamentos inferiores, aumentando e levando a sua vida com base nessas ações, quando já percebes que algo não ressoa mais contigo como o caminho correto a seguir.
Mas quando um pensamento que traz medo assola a sua mente, deves tratar com coragem. Coragem de enfrentar os seus medos. Trazendo isso ao seu coração e dizendo por uma vez filho, que és capaz de enfrentar aquilo que temes.
No seu caso filho, ao reprimir não é feito o tratamento. É devido a isso que o pensamento continua.
Pois está ali sendo mostrado a ti repetidamente para que decida olhar para ele e fazer algo a respeito dentro de você mesmo.
Busque dentro de você a causa desse medo. Escreva meu filho, essa é uma fortaleza que ninguém pode tirar de ti. Escreva em um papel o que esse medo representa para ti, porque esse fato traz medo a você. Então quando responderes, pergunte à sua pergunta o porquê. E assim meu filho, busque a causa raiz. Dessa forma vai removendo as cascas do medo e verá que não passa de um grão de mostarda.
Verás filho, como ao final desse exercício, alegrará e dará risadas de você mesmo, por não ter percebido antes que se tratava apenas de um grão de mostarda.
Irradio você na chama azul para que enfrentes com coragem meu filho, e com amor de pai o envolvo.

Mestre El Morya

Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – janeiro/2017.

Colaboração: Ale Sunshine e Ilza Barreto.

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/.