Translate

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

PERGUNTE AOS MESTRES - Devo sair do terreiro?


PERGUNTA:

Bom dia, amados mestres. Saudações minha amada Mãe Maria. Agradeço por seu amor e acolhimento. Nossa amada mãe, as coisas não têm sido muito fáceis né? Honestamente eu me sinto ainda muito perdido em relação as coisas da espiritualidade. De um lado, existem as minhas práticas e atendimentos que preenchem meu coração de amor e de vontade de aprender cada vez mais e, de outro, os trabalhos no terreiro. Têm sido um verdadeiro peso. EU saio da gira muito mal, tenho pensamentos obsessivos por dias a fio e isso tudo tem reverberado até no meu relacionamento, que sempre foi bom. Preciso lutar contra pensamentos destruidores o tempo todo e é exaustivo. Depois, eu busco ajuda com amigos e lá pelo fim da semana isso passa, abrindo espaço para os bons pensamentos, para a fé e o amor. Havia decidido sair do terreiro, quando falo com a entidade chefe, ele me assinala que são aprendizados pelos quais eu preciso passar e que inclusive isso será bom para o meu trabalho como terapeuta. Então, eu recuei - mais ou menos - mas mais uma vez, reconsiderei minha decisão de sair. Passei mal ainda indo somente na assistência. Amados mestres, como trabalhar essa questão com humildade? Até que ponto dar espaço para esses pensamentos? É de fato só responsabilidade minha e das minhas fraquezas interiores? Até que ponto é uma questão de estar passando por cima do que minha alma e meu coração sentem e sabem sobre a minha caminhada espiritual? Eu estou cansado, amados... As semanas têm se estendido infinitamente e a falta de afinidade entre as ideias minhas e da minha companheira em relação ao terreiro tem gerado muita desarmonia entre nós - mesmo sem querer e evitando misturar as coisas e os caminhos. Gratidão pela luz, amados.

RESPOSTA:

Hehehe. O filho tem levado muita chicotada, né filho. Pois as lições da vida ainda não ensinaram que o filho precisa ouvir o coração, não é?
Qual dúvida o filho quer que eu responda, se o filho insiste mais e mais a não ouvir o coração?
Lembre-se, filho, a caminhada no amor não precisa ser a mesma do aprendizado espiritual. Os opostos e os caminhos contrários se complementam, filho. O filho é uma só, não é? Ou é dois? hehehe
O filho já sabe a resposta, né, filho? As chicotadas da vida doem mais do que as de Exu, né filho, pois as do exu acalentam o coração e dão força na caminhada.
Mas não é assim que ensinam no terreiro, né filho? O que faz mais sentido no coração do filho?
A caminhada é individual, filho, lembre-se disso. Todas as vezes que pergunta a alguém para qual lado deve seguir, ouvirá qualquer resposta, menos a que vem de seu coração.
Seus mentores falam pelo seu coração, filho, e não pelos outros... hehehe
Por isso venho EU hoje a alertá-lo! Os primeiros sinais são leves, filha, apenas direcionamentos, mas se não dá ouvidos, as consequências na vida começam a aparecer.
Precisa estar atento aos sinais e ao chamado do coração.
A filha aqui que canaliza sabe o que acontece, mas não a deixaremos dizer-lhe. Você é capaz de saber, filho.
O seu coração nunca se enganará.
O amor dos relacionamentos não precisa seguir em todos os âmbitos da caminhada. O companheirismo das relações amorosas, não precisa ser o mesmo dos outros âmbitos da vida. Vocês são diferentes, pensam e sentem de forma diferente as energias e a vida. Não precisa ser igual, e nem deveria ser. Porque espera isso? Liberte-se dessa cobrança e desse controle sobre a sua vida, que a sua própria mente impõe. Isso é uma crença mundana, filho. Liberte-se e seja feliz em seu relacionamento e no seu caminho da espiritualidade.

Exu Tiriri

Gratidão aos leitores que contribuem com esse trabalho, que atinge milhares de pessoas levando a irradiação dos raios cósmicos da Grande Fraternidade Branca!

Para enviar uma pergunta ou ler as respostas publicadas acesse: https://www.pazetransformacao.com.br/p/pergunte-aos-mestres.html

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

O exército da Luz - Mestre El Morya

Se inscreva em nosso Canal do Youtube: Clique aqui




PERGUNTE AOS MESTRES - Porquê pessoas tão boas sofrem tanto no desencarne?

           


PERGUNTA:

Olá, Mestres! Gratidão imensa por suas palavras cheias de sabedoria e amor. Recentemente perdi minha avó paterna para o câncer. Ela tinha tanta vontade de se curar e de viver, mas nos deixou. Era uma pessoa tão boa e amorosa, porém sofreu tanto a vida toda e principalmente na hora da morte. Por que coisas ruins acontecem com pessoas muito boas? Por que a morte é tão dolorosa mesmo para as pessoas que fizeram o bem durante toda a vida?

RESPOSTA:

Filho, a fase do desencarne não está relacionada com a vida que o filho escolheu em sua bondade ou não. A compreensão da existência de algo maior desconecta o corpo espiritual do corpo físico antes do tempo, e alivia esse processo de desligamento. A sede de viver muitas vezes é contrária à entrega à vontade de Deus. Ocorre a resistência em continuar no corpo físico mesmo quando esse não apresenta mais condições de receber corpo tão cristalino.
O desligamento ocorrerá quando a missão se cumpriu nesse plano. Mas não se preocupe com a sua avó, pois ela habitava corpo cristalino em tamanha intensidade, que no instante do desligamento do corpo denso adoecido do plano físico, ela se fez luz e subiu às altas esferas. Já compreende o processo pelo qual passou e o porquê. Está em paz.
Se tornou uma mentora espiritual, e está em preparação para retornar acolhendo aqueles que irá guiar.
Confie na providência divina, filho. O sofrimento se dá apenas àqueles que resistem ao fluir natural da vida e à entrega de tudo a Deus.
A vida pode ser mais leve quando confia suas preocupações a Deus. Experimente, filho, e verás como a vida será mais feliz.

El Morya 

Gratidão aos leitores que contribuem com esse trabalho, que atinge milhares de pessoas levando a irradiação dos raios cósmicos da Grande Fraternidade Branca!

Para enviar uma pergunta ou ler as respostas publicadas acesse: https://www.pazetransformacao.com.br/p/pergunte-aos-mestres.html

terça-feira, 16 de novembro de 2021

A ascensão do amor - Saul

Se inscreva em nosso Canal do Youtube: Clique aqui




PERGUNTE AOS MESTRES - O que é toda a Criação?

          


PERGUNTA:

Mestres podemos considerar que toda a criação é distração considerando que só aquilo É? Agradeço desde já pelo apoio na caminhada.

RESPOSTA:

Filho, a verdade é que toda a criação é manifestação de amor. Ocorre que ao se conectarem a energias contrárias ao amor, corrompem essa conexão e pode haver sim a ilusão de que devem se manter desconectados da materialidade, que devem viver afastados e vivendo apenas as verdades espirituais. O que é difícl de entenderem, filho, é que a vida não é mera distração, mas sim vocês se distraem de seu propósito Divino movidos pelo medo, pela insegurança e pela falta de confiança na voz do coração.
Se permitissem que suas vidas fossem guiadas apenas pelo amor, não existiria sofrimento. Tudo o que planejam e colocam a sua energia, e que não seja a pura manifestação do amor, sim é mera distração.

Com amor, Sanat Kumara

Gratidão aos leitores que contribuem com esse trabalho, que atinge milhares de pessoas levando a irradiação dos raios cósmicos da Grande Fraternidade Branca!

Para enviar uma pergunta ou ler as respostas publicadas acesse: https://www.pazetransformacao.com.br/p/pergunte-aos-mestres.html