domingo, 2 de abril de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 43





CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO


PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


ANSIEDADE E TROCA DE EMPREGO


Pergunta:


Queridos Mestres. Muito grata por esta oportunidade, eu vos amo e me sinto cada vez mais conectada convosco. Pergunto-vos porque minha vida não avança. Tenho tidos alguns trabalhos, mas não me sinto bem em lado nenhum, apesar de fazer boas amizades e de conseguir adaptar-me depois de muito esforço. Este último emprego que tive foi demasiado duro em todos os aspectos, sei que vocês estiveram sempre comigo, mas parece que me falta algo. Até agora não tenho encontrado nada que me faça feliz, peço ajuda aos Mestres, que guie meus passos para aquilo onde me sinta mais sintonizada e seja mais útil. Relativamente ao amor, nunca tive ninguém, ás vezes penso: será que o problema está em mim? Será que não tenho direito a amar e ser amada ou isso não corresponde ao meu destino nesta vida? Sou demasiado ansiosa e estou lutando contra isso, seguindo vossos ensinamentos e viver no pleno amor próprio que talvez seja isso que me esteja a faltar. Muito grata meus Mestres por estarem sempre comigo e com os meus. Amo-vos muito. 



Resposta:

Filha. Estás vivendo repetidas experiências nas quais inicia algo sem atentar-se ao processo que ocorre em cada etapa de transição. Atente-se aos períodos de transição, pois eles são os que estão se repetindo em sua vida. Esses períodos, onde estás saindo de uma experiência até entrar em outra, são necessários para que aprenda algo. Eles continuarão se repetindo até que olhe para o presente nesses momentos, e não para o futuro incerto que se abrirá. O que falta para ti filha, é olhar para o presente. Perceba que todas as experiências que se apresentam a ti, não são castigos ou caminhos errados tomados por ti, e sim são experiências necessárias para a sua evolução e aprendizado. Ao focar somente no futuro e na mentalização de como seria quando as coisas mudarem na sua vida está pulando a experiência do presente, o que faz com que ela se repita. Esse ancoramento no presente deve ser observado por você, só você pode encontrar os pontos que mais a incomodam nesses períodos de transição, e são justamente eles que devem ser trabalhados. Se os incomodam é porque precisam ser trabalhados, filha. Esse é o aprendizado do qual não deves mais fugir. Observe o seu presente, medite, aceite e absorva o ensinamento que está contido na sua própria experiência de vida. Isso te abrirá a encontrar a ti mesma e manifestar novas realidades em tua vida na área profissional e de relacionamentos. Fique em paz amada filha.

Sou Mestra Pórtia

ELEVAÇÃO DO CHACRA SEXUAL

Pergunta:

Boa tarde. Meu marido e eu estamos juntos na caminhada espiritual. Vinha sendo nos passado orientações sobre a elevação do chacra sexual pelo ponto em que nos encontramos no nosso caminho. Através da elevação e ou abertura consciencial isso vem acontecendo, nossas relações estão cada vez mais espaçadas e estão muito diferentes para nós dois. O orgasmo tem sido extremamente suave para ambos. O único ponto que nos ''incomoda'' é o fato de sentir que às vezes essa energia tenta nos dominar e é quase impossível resistir. Mas o que me fez te procurar, foi porque (mesmo canalizando, quero uma resposta que não venha por mim, para que não haja possibilidade dessa energia tentar manipular minha mente), hoje vi um texto onde fala dessa elevação, abertura através do sexo, das frequências que se pode atingir com ele. Eu gostaria tanto da resposta dos Mestres quanto da sua opinião particular, se assim for possível, claro. Fiquei confusa, se o ''método'' que eu e meu marido estamos seguindo é o mais apropriado para o ponto em que estamos e se o que esse texto sugere esteja ''ultrapassado'' para nós, ou se isso pode ser utilizado, e até que ponto pode ser usado. Gratidão imensa.

Resposta:

Amada filha. Ao elevar a conexão da kundalini, que é trabalhada quando ativa o chacra sexual e trabalha nele, está trazendo nova experiência à sua vida e à de seu parceiro. Estarás a viver uma nova realidade, onde não mais se adequa aos padrões sociais da humanidade ou do que é compreendido como certo ou errado. A sensação física e as informações que você aprendeu sobre sexualidade, deixam de existir a partir desse momento, e começa a se manifestar em ti uma nova energia, que nada mais é do que a carga eletromagnética do criador que flui por ti e pelo seu parceiro. Essa sensação pode ser observada em momentos diversos. Apenas em um beijo ou em uma aproximação física inocente poderá atingir o estado do clímax. Mas sem a energia densa da sexualidade conhecida por tantos no planeta, que é ligada ao físico. Você compreenderá que descobriu uma nova forma de se relacionar e sim, esse é o objetivo. Você está atingindo o objetivo e trabalhando as energias da forma correta. Apenas não permita que a sua mente, ou que os padrões conhecidos por você a respeito de sexualidade, interrompam a conexão, que flui através dos seus chacras coronários, mas que muitas vezes ficam bloqueadas por restrições mentais que vocês criaram a partir de crenças populares a respeito do tema. Liberem-se dos conceitos pré-estabelecidos e atingirão níveis mais altos de conexão. 

Sou Parvati

NÃO CONSIGO ME ABRIR PARA ATRAIR UM NOVO PARCEIRO

Pergunta:

Mestres. Venho novamente solicitar a vocês uma orientação, uma luz em minha vida. Já sofri uma decepção amorosa muito grande em minha vida em um relacionamento passado. Mas hoje tenho plena consciência de que tudo que ocorreu foi para o meu bem, para que eu despertasse com relação ao meu amor próprio e valorização do meu ser. Sou muito grata por toda essa experiência, pois demorei muito a me enxergar e acreditar no meu poder pessoal. Hoje peço com muita humildade uma palavra de apoio e alento, pois sinto que não estou conseguindo me abrir para um novo relacionamento em minha vida. Tento fazer afirmações e confiar, mas sinto que não consigo alinhar os meus pensamentos de modo a conseguir uma vibração que atraia um parceiro para a minha vida. Noto que quando saio com amigas os homens parecem estar indiferentes, pois hoje existem muitas mulheres disponíveis. Parece que tudo é mais fácil para eles. Existem ainda em mim crenças limitantes que estão me impedindo de ver as possibilidades? Quais crenças seriam estas? O que posso fazer na prática para transmutar estas crenças? Desde já agradeço por todas as bênçãos em minha vida. Amo vocês.

Resposta:

Amada filha. O que observamos em ti, é que há algo a transcender na parte da sexualidade. Está a todo se momento condenando a si mesma por estar buscando um relacionamento que a satisfaça na parte emocional e na sexual. E tem receio de ferir os seus sentimentos ao entregar-se dessa forma a alguém. Sabemos que as pessoas percebem as presenças umas das outras primeiramente pelo visual, pela pele, pelo corpo. Mas que a conexão real somente se dará quando houver a conexão espiritual. Você busca uma conexão espiritual, mas observa que tudo a sua volta é baseado em conexões do corpo, do físico. Percebe, mas ainda tem uma visão distorcida do que vês. O que ocorre na realidade, e que ainda não vê filha são as ligações energéticas ocorrerem, que não são mostradas aos seus olhos, mas que se pudesse observar compreenderia o porquê nos lugares que tem frequentado, nenhum homem olha para ti. Por mais que, diante de seus olhos lhe pareça apenas homens se sentindo atraídos por mulheres, na verdade há a vibração. A vibração deles está ressoando com a vibração delas, que buscam o mesmo objetivo ou ressoam em energia similar. Você ressoa em energia diferente do que a maioria das pessoas dos lugares que frequenta, e por isso, não encontrará a pessoa que seja compatível contigo nesses lugares. O que precisa fazer filha é meditar e buscar encontrar o que lhe agrada. Vá a lugares que a agradam e permaneça na presença de pessoas que ressoam com a sua energia. Ou mesmo só, mas sim estando na sua própria companhia em lugares que ressoam com a sua energia. Ao mudar a forma de agir e seguir a vida, assim veras como também outras pessoas com energia similar a sua, serão atraídas aos mesmos lugares que você, e então estará rodeada de possibilidades de amizade e é onde poderá encontrar o que procura. Você somente precisa olhar para dentro de si mesma e seguir a sua intuição, ir a lugares que lhe agrada, que faça você sentir-se bem. E assim estará encontrando a ti mesma e a aquele que procura. Fique em paz.

Sou Mestra Lis 

RELACIONAMENTOS

Pergunta:

Mestres. Venho perguntar-lhes acerca dos relacionamentos em minha vida. Já estou sozinha há um bom tempo, e estou há mais tempo ainda sem me apaixonar. As oportunidades surgem, mas não venho me envolvendo com homens que eu percebo que não me trarão o tipo de vida que eu quero, seja por eles ainda estarem ligados à outra pessoa, ou por não serem compatíveis comigo e com o estilo de vida que me fará feliz no relacionamento. Na verdade, eu estou bem comigo mesma, com a minha vida profissional, a vida familiar vem melhorando. Mas sinto que já estou há muito tempo esperando pela pessoa certa para mim e, por outro lado, já estou esgotada de me envolver com homens que eu sei que são errados. Já fui casada, tive outros namorados também, mas ainda não fui plena no amor. E esse é o desejo maior da minha alma, sempre foi estar casada e feliz com um homem que me ama e a quem eu amo, e que também é compatível comigo e com meus desejos para a vida. Sei que estou pronta para isso, até mesmo porque não aceito mais nada menos que isso e por isso estou sozinha, mas estar sozinha não me satisfaz. Por favor, esclareçam-me sobre esses aspectos da minha vida. Muito obrigada.

Resposta: 

Querida filha. A paz é a tua verdadeira busca. A ilusão que construíste em tua mente, de uma família perfeita e feliz e um casamento perfeito com o homem perfeito, é apenas a materialização do pensamento de insegurança consigo mesma. Quando coloca em uma ideia futura a sua felicidade, deixa de olhar o presente. E por isso acaba por não viver as experiências atuais. Mas o que não percebes filha, é que o futuro somente de abrirá quando aceitares o presente assim como é. As experiências surgem uma a uma. Cada momento do presente deve ser visto como um aprendizado, uma lição. E enquanto a lição do presente não for absorvida e transformada em sabedoria, a próxima não se abrirá. Assim é a escola da vida. Passarás pelo ano seguinte do calendário escolar apenas quando aprender as lições do ano letivo. As mais belas manifestações dos seus sonhos, já são realidade na sua vida, mas estão um tanto distorcidas, porque ainda cultiva pensamentos de medo e insegurança quanto ao seu autoamor. Quanto a sua capacidade de amar a você mesma e ser feliz assim como é. Os apegos materiais também se estendem aos relacionamentos. Todos aqueles baseados no apego, não serão completos em experiência de elevação do espírito, serão temporários somente para que um dos dois perceba que se trata apenas de uma forma de encontro consigo mesmo, para então ocorrer à separação. Aquele relacionamento verdadeiro somente iniciará quando encontrares a si mesma. Pois não é possível viver algo verdadeiro se não for sincera consigo mesma e não puder manifestar a verdade plena de quem você é para o outro. O verdadeiro amor se dá primeiro por você mesmo, onde encontra a sua própria verdade e a sua paz. Em seguida, o relacionando amoroso pode surgir com uma pessoa que ressoará com essa energia, aceitando quem você é. Já que a partir desse momento você já descobriu quem tu és. Então se dá um relacionamento baseado na verdade, na troca construtiva e na liberdade. Mas para isso, é necessário que cada um encontre em si mesmo a própria paz, o equilíbrio e a identidade própria, que farão com que aceitem a vida assim como é, no momento presente, encontrando dessa forma a verdadeira paz. Fique em paz.

Sou Mestre Serapis Bey

SEGUINDO O CORAÇÃO NO AGORA

Pergunta:

Bom dia Mestres amados. Aproveito o espaço hoje também para agradecer e me dirigir ao coração dos canais dessas mensagens de luz que nos fortalecem em amor na nossa caminhada na terra. Gratidão! Amados, gostaria muito de saber o que falta desenvolver em mim para que meu trabalho no consultório prospere e seja o meu ganha pão principal. Gostaria de saber se há algo que precisa ser eliminado ou ancorado na minha vida para que meu comprometimento com a espiritualidade se consolide mais. Às vezes fico confusa. Escutei num centro espírita que acabando "indo com eles". E sempre tenho sonhos que acontecem em lugares específicos, sempre volto ali e parecem muito reais. Estou confusa. São só os sonhos mesmo, ou de fato vou para esses lugares? É algo ruim pra mim? Gratidão e perdão pela confusão da mensagem, pois é algo que nem eu consigo sistematizar. Amados Mestres, espero ansiosamente a segunda-feira para que possa me comunicar com vocês e obter direcionamentos na minha caminha terrestre. É uma alegria tão profunda ter essa ferramenta à disposição da humanidade que meus olhos se enchem de lágrima. E é tão bom. Amo vocês. 
Perdoem-me por mandar outra pergunta. Desde meu término e das mensagens que tenho recebido de vocês aprofundei-me no tratamento da minha autoestima. Tenho trabalhado com a ressonância harmônica, afirmações de luz e mudança de comportamentos. Numa leitura de mãos com uma adorável xamã, ela falou da necessidade de ter confiança. As técnicas que estou usando tem de fato me auxiliado, ou o trabalho está sendo muito superficial? O que mais posso fazer para transmutar verdadeiramente essas crenças limitantes que manifesto? Gratidão.

Resposta:

Minha querida filha, duas perguntas onde uma responde a outra. O que precisa trabalhar em ti é a forma como você se vê, como se observa na vida. A vida é feita para que possamos ao longo do trajeto nos ancorar em amor, nos reestabelecer para ancorarmos o propósito maior. E esse propósito é nada mais, nada menos, que aprendermos a nos amar. Ao longo desse trajeto muitas vezes abrimos mão daquilo que sentimos, do que nos faz bem, para que possamos dar atenção, dar carinho aqueles que estão próximos a nós. E quando digo próximos, filha, digo em todas as dimensões da existência, na matéria ou em outras. Quando te disseram que vai junto foi isso que quiseram te mostrar. Ir junto é abrir mão de nós mesmos, de nosso propósito, de ancorarmos aquilo que nos faz bem na vida, para que justamente possamos atender e nos dedicar às pessoas. Imagine filha, que não conheceste ninguém nesse planeta, que não possuísse qualquer vínculo, o que faria? Abriria mão daquilo do que gosta apenas para demonstrar que pode atender as pessoas ao seu redor ou seria mais simples seguir o propósito de seu coração? Quando te dizem que segue as pessoas, que necessita trabalhar seu autoamor, sua autoestima, é simplesmente isso, que possa continuar fazendo aquilo que te faz bem, o que para você não é um trabalho, mas um dos maiores prazeres de sua vida. E porque abrir mão de algo assim, para seguir compromissos que pensa ter assumido? Precisa, sim, filha, trabalhar sua autoestima, sua autoconfiança, seu autoamor, para que nesse dia compreenda de umas vezes por todas que o único compromisso que possui é com você mesmo e com sua própria evolução. Então, nesse dia aceitará que o caminho do coração sempre abrirá muitas portas, sempre trará as pessoas certas a nossa vida, sem que seja necessário abrir mão daquilo que nos faz bem para completar aquilo que ainda falta em nossos companheiros de jornada. Aprenda filha, não necessitamos ser completados ou completar alguém, mas aprender a fazer aquilo que nos faz bem no momento, sem tanto planejamento, sem dias certos, apenas seguindo o fluxo do agora. Sempre nos perguntando, o que estou com vontade de fazer agora? E isso é o caminho do coração filha, que sempre nos levará ao amor. Fique em paz.

Sou Pórtia

VIDA PESSOAL

Pergunta:

Bom dia. Tenho uma vida realizada profissionalmente, casada há 20 anos, dois filhos, mas não sou plena, ou seja, feliz.
Quero sempre me libertar desse aperto no peito em relação a minha relação como meu marido. Acho que não gosto mais e não encontro meio de me desvencilhar. Quero muito viver a felicidade plena em todos os sentidos. Não sei se estou certa ou errada em querer ser plenamente feliz, gostaria de um caminho, eu chego a estar no meu limite. Obrigada.

Resposta:

Amada filha. O amor que dói em seu peito, que parece que não encontra morada e formas de se expor e expandir, é a falta da conexão com o alto, é o chamado batendo à porta do seu coração. Tu criaste uma forma materializada de felicidade para a tua vida, que era compreendida em um bom casamento, estável, filhos e estabilidade familiar. Mas quando se percebe em meio a turbulentas emoções da vida, falta equilíbrio, falta o calor do coração falta alegria, ânimo, empolgação. Isso ocorre filha, porque amarraste toda a sua vida em uma forma materializada de felicidade que corresponde ao bom casamento e filhos. Mas esqueceste de ti mesma. Onde nesse meio todo de família feliz estava você? Onde estava você encontrando o seu propósito de vida, a sua alegria de viver, a sua essência? Filha perceba que as relações onde vocês estão inseridos, que podem ser familiares e de trabalho ou amizades, estão presentes nas suas vidas apenas para mostrar a vocês os pontos da personalidade de cada um de vocês que devem ser trabalhados. Servem como espelhos onde vocês olham todos os dias a manifestarem através das relações, todos os seus aspectos emocionais e da personalidade que veio aqui transcender. As pessoas em sua vida são personagens escolhidos para que você encontre o seu caminho da luz, libere pouco a pouco os seus aspectos negativos, e vá evoluindo em luz e amor a elevar-se em sabedoria. Não digo aqui que precisa mudar os relacionamentos filha, mas que não pode deixar de lado a sua própria vida, pois o real propósito de tudo é a sua própria evolução, e é nisso que deve focar. Busque praticar atividades onde possa encontrar a ti mesma, meditações, yoga, terapias. E com o tempo encontre as suas próprias respostas. Observe tudo o que aprendeu em todas as experiências nos meios onde está inserida e perceberá que já foi um ganho maravilhoso até o momento atual nessa encarnação. E perceba quais são os pontos que ainda não conseguiu transcender, foque neles. Encontre a sua própria verdade e manifeste em sua vida. Isso trará o alívio no coração que buscas, e que nunca perderás. 

Eu sou Mestra Pórtia

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Março de 2017.

Colaboração: Ilza Barreto.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br