quinta-feira, 23 de março de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 33




CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.


* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/ e preencha o formulário ao lado direito da página inicial. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


CONSTRUINDO A GRATIDÃO



Pergunta:



Primeiramente quero agradecer aos Mestres por sua contribuição no processo do despertar da humanidade. Gostaria de saber quais áreas devo trabalhar dentro de mim, pois parece que os caminhos andam bloqueados, no trabalho não tenho reconhecimento, e não tenho ânimo em continuar, a vida afetiva não flui, e não consigo manifestar a prosperidade em minha vida. Obrigado!

Resposta:

Meu amado irmão. Eu sei de tudo que passas, das dúvidas, das incertezas. Mas tudo isso é um processo que aceitou adentrar para que possa transmutar todas suas restrições. De todas as dores humanas, talvez a mais dura seja aquela onde não somos capazes de observar as bênçãos de nossa vida. Onde olhamos para nós mesmos como se fossemos servos de um sistema injusto, onde simplesmente não somos capazes de movimentar a vida em direção àquilo que nosso coração nos pede. Essa é uma dura prova, pois nos ensina a sermos gratos, ser grato pela vida, por poder estar a aprender e evoluir. A gratidão é um sentimento que nos ancora, nos traz alegria de viver, torna-nos positivos. Mas para sermos gratos temos que antes sermos capazes de olhar a tudo que temos ao nosso redor, tudo de bom que temos em nossa vida. Por outro lado, quando focamos naquilo que sentimos falta, naquilo que não queremos, somos então consumidos por nossa própria negatividade. As energias se esvaziam, e nos sentimos cansados da vida e acabamos a trazer mais daquilo que não queremos a nós mesmos. Nossa negatividade nos torna exaustos, cansados da vida. Você possui registros que têm dificuldade de superá-los, que quando são acionados pelas experiências da sua vida te dobra a essas energias, fazendo-o focar no que não gosta, e que não quer. E é isso que te consome. Precisa meu irmão, ancorar a positividade em sua vida, se vigiar para que consiga observar o que tem de bom e quantos gostariam de estar em sua posição. Porque se olhar ao seu lado verá que há situações bem mais delicadas. E a partir desse olhar comece a agradecer, a perdoar e construir dentro de ti um sentimento de gratidão pela vida. A terapia Ho’oponopono poderia te ajudar a superar essas restrições. Esteja em paz meu irmão.

Sou Serapis Bey

DESBLOQUEIO DE SENTIMENTOS

Pergunta:

Amados Mestres, gratidão pelo belo auxílio que nos prestam nessa experiência terrena. Ao me lançar na busca interior, fui levada a um lindo mestre vivo que me apontou o estar consciente da Consciência (2013). Foi tão chocante e maravilhoso, que até hoje aquilo está assentando, amadurecendo e sou infinitamente grata por toda a transformação que vem acontecendo nesses últimos anos.
Minha pergunta é: vocês podem me ajudar a remover qualquer bloqueio que ainda esteja evitando a plena realização da Verdade (já apontada e vista) de forma plena e total em todos os aspectos do meu ser agora? Ainda sinto como que um formigamento agudo na garganta, parecendo uma espécie de bloqueio. Gratidão e Amor.

Resposta:

Todo e qualquer bloqueio minha filha, não está em um ponto específico. Você pode sentir os sintomas em uma determinada região de seu corpo físico. Mas não é como desbloquear algo que não flua, pois todo bloqueio precisa ser trabalhado internamente, através dos sentimentos, das emoções e das experiências. O que precisa fazer é encontrar dentro de ti aqueles sentimentos de desajuste, sentimentos inferiores como a ira, a inveja, o rancor. São sentimentos que se manifestam dentro de nós e funcionam como gatilhos a nos mostrar que algo precisa ser curado, que algo precisa ser mexido. Ao desbloquear essas restrições, a partir da compreensão de seu processo, você verá que paulatinamente os sintomas físicos se amenizarão, serão suavizados. Os sintomas físicos apenas mostram que algo precisa ser trabalhado dentro de ti, que há um desajuste que precisa ser reequilibrado. Mas o processo é que aprenda a se buscar, se vigiando, buscando sua paz e seu equilíbrio, ancorando seus sentimentos numa baliza de luz. Esteja nessa vigília minha irmã, que esse será o caminho que buscará a si mesma em sua liberação.

Mestra Nada

REALIDADES PARALELAS E MANTER-SE NO PRESENTE

Pergunta:

Primeiramente gostaria de agradecer pela oportunidade e pelo lindo trabalho que vocês fazem sempre me esclarecem muito e tem me ajudado a seguir no encontro comigo. Eu sempre tive muitas vivências e sonhos reais, tanto que quando era bebê, e criança, não sabia diferenciar muito do que aconteceu nessa realidade ou não, porque tudo sempre esteve tão interligado, e mesmo que alguns sejam sem nexo pra minha mente, mas dão certa realidade ainda que surreal. Mas mesmo assim ainda não me lembro da minha trajetória acastiça, da minha origem. Eu gostaria de ajuda na interpretação de uma ou duas das minhas vivências. Uma em que eu era completamente consciente de tudo ao redor, e era em cada coisa e ao mesmo tempo e eu e via e me via em todas as perspectivas como se fosse tudo, e outro em que depois de ser tomada por uma onda, eu me entreguei e sumi, era nada, o vazio, e então eu fui seguindo sendo em cada forma de consciência e corpo, até acordar, e nesse dia acordei com uma sensação de paz e tranquilidade e integridade. Mas tem dias em vivências que parece que estou quebrada, e esse corpo parece tão pesado pra mim, sempre pareceu, na primeira oportunidade já saio dele e já estou “sonhando”, sei da importância de ancorar, mas parece que metade ou todo trabalho, faço fora dele, embora ultimamente já não me lembre muito bem. E eu acordo em tempos diferentes por vezes, como viagem no tempo, e em alguma outra realidade tem maior consciência dos potenciais aqui me sinto meio travada por vezes. Como posso trabalhar isso pra até poder ancorar melhor as energias, porque a sensação ultimamente de cansaço e fadiga, e até dor no coração que parece que estou enfartando ou a pressão na cabeça, ou o zumbido, e a tontura, e a sonolência? Perdão acabou sendo mais de uma pergunta, mas o foco é para interpretação das vivências, porque eu realmente gostaria de entender, eu sempre me liguei muito à Fonte e numa maior ligação e expressão, e maior compreensão, e agradeço a todas as oportunidades e sincronias, e ajuda de todos vocês, os amo muito e admiro e agradeço.

Resposta:

Amada filha. Estás vivendo realidades paralelas simultaneamente na tentativa incessante de interpretar as situações que lembra apenas em pedaços dessas vivências. Isso minha filha, faz com que você saia do seu equilíbrio. Muitas informações, imagens, flashes, virão a você. Mas não é necessária a busca pela interpretação, pois no momento certo você saberá o que significava cada uma dessas lembranças, quando chegar o momento para que sejam compreendidas, o que não poderá acontecer nem antes e nem depois, e sim somente no momento ideal. Portanto querida, suas perguntas estão relacionadas, pois todas essas sensações são resultado dessa busca por respostas, do não viver no presente e, dessa forma, manter-se conectada em diversas experiências de forma simultânea. Essa escolha é a que lhe trará mais sofrimento filha. Não há necessidade de seguir a sua caminhada dessa forma. Permita que as revelações cheguem cada uma ao seu tempo e apenas viva no presente de forma íntegra para o bem do seu equilíbrio e da sua paz.

Sou Serapis Bey 

RELACIONAMENTO COM FILHA

Pergunta:

Amados Mestres, se me for permitido, gostaria que me fosse dada orientação de como proceder para melhorar o relacionamento com minha filha de 20 anos. Depois da adolescência ela tem mudado muito de comportamento, se afastando de mim e parece que guarda algum rancor, o que para mim é incompreensível, pois sempre foi muito ligada a mim. Creio que existe algum componente espiritual nesta situação, e mesmo procurando enviar amor, perdão para nossa relação, não tenho obtido muito sucesso. Agradeço todo esclarecimento que me seja dado e peço suas bênçãos para nossas vidas. Gratidão!

Resposta:

Salve fia! O Pai tá aqui pra mór di nóis levá uma prosa. Rapidinho, certo? O pai vai te ajudá, fia. Vai na tua casa limpá toda energia densa acumulada, certo? Mas a fia precisa trabalhá pra mantê isso limpinho, certo fia? A fia vai fazê assim: Vai dexá a fia fazê o que ela quisé, sem se importá. Dexa e concorda. Dexa e concorda. Até cansá ela, certo? Manda amor de mãe e só concorda, certo fia? Cê vai vê como sua filhinha vai se aproximá de voismicê novamente, certo fia? Mas não dexa acontecê atrito não, fia, sem discórdia, dexa o ambiente permanecê limpo, certo? Fica em paz fia. Salve!

Pai Joaquim de Aruanda

TRABALHO INTERIOR

Pergunta:

Olá, desde o despertar, tenho feito um trabalho interior que passa / passou por depressão profunda, terapia, uso de medicações (antidepressivos), entre muitos outros. Tirei a medicação e tenho tido muitos altos e baixos. Sei que a medicação em si não resolve e tenho que continuar a fazer esse trabalho interno e de escuta do coração. Converso com ele, mas não sei se estou de fato conversando com meu coração. Podem indicar caminhos para essa conversa mais íntima? Quanto à medicação, tenho caminhado para métodos naturais, mas como tenho tido muitos altos e baixos por período prolongado, não sei como lidar com isso. Sei que tristeza faz parte da vida, mas sinto-me, por muito tempo, sem energia. Tenho trabalhado protocolos de compaixão como disse, meditações, alimentação saudável, mas essas instabilidades me paralisam. O que se passa? Gratidão!

Resposta:

Salve Fia de Iemanjá! A fia só precisa de um remedinho fia amada. É a caridade, fia. A fia tem muito amor pra dá, e essa energia contida aí, tá prejudicando a saúde da fia. Precisa canalizá fia, coloca pra fora, tá bão? O pai já deu a dica, certo? Vai procurá algo que te agrada fia, pra colocá a mão na massa na caridade. Odoiá Iemanjá fia! Salve!

Pai José de Aruanda

AUTOCOBRANÇA

Pergunta:

Amados Mestres e muitos outros Seres de Luz e seus representantes aqui na Terra, desde já quero agradecer infinitamente por toda a ajuda que tenho recebido. A minha pergunta tem a ver com o entendimento do processo de passar do ego ao coração. Nos últimos meses a vida levou-me a identificar de forma muito clara, muitos dos meus programas mentais: medos, feridas, crenças e todo o tipo de comportamento vindos do ego que isso implica. Deparei-me com a minha carência afetiva, falta de autoestima e valor, ferida do abandono, ferida da rejeição, ferida da perda, ferida da injustiça, sensação de muito poder e perda de poder, sensação de inveja, de ciúme, necessidade de aprovação, medo da crítica, medo da carência de dinheiro, medo da carência de comida, sensação de egoísmo, de não querer partilhar, da gula, da preguiça, do sexo sem amor, a vaidade, o orgulho, da necessidade de ser mais e melhor que todos, de me atribuir muita importância, de estar certa, de ter razão, de saber melhor, de falta de paciência, de irritação com os outros e comigo mesma, e ainda mais, que agora não me lembro. A minha vontade de ultrapassar este modo de existir e libertar-me do sofrimento que isso traz é grande, a minha pergunta é sobre como fazer para mudar estes reflexos, sei que muitas mensagens falam sobre isso. Mas talvez me possam ajudar com exemplos práticos e sabendo o que mais me perturba e impede a mudança, que possam aconselhar-me sobre como melhor fazer esta transformação interior de que necessito tanto. Como ultrapassar a necessidade de aprovação por exemplo.

Resposta:

Salve fia! O pai tá aqui pra aliviá toda essa lista enorme de defeito, fia. Hihihi… O pai tá aqui rindo de voismice fia, vô até aí dá uma risadinha no pé da sua orelha fia, pra voismicê ri um pouco com esse véio aqui também. Certo? A irmã aqui que está canalizando, disse pra nós escrevermos certo, pois você é portuguesa. Então o pai vai começar a falar igual vocês. Hihihi… Veja Filha, o quanto cobra de você mesma. A sua lista de defeitos é gigante, enquanto tem tanta coisa bonita para olhar e que não está olhando. Você faz um trabalho lindo filha, de superação, de beleza, de amor. Mas só olha para os seus defeitos, filha? Não está certo isso. Precisa começar a olhar para a sua beleza, para a sua pureza, para a sua luz. Ninguém aqui veio tirar o atraso de milhares de encarnações em uma só filha. O processo de despertar pode até acontecer em uma só encarnação, mas a limpeza filha, pode levar várias encarnações. Por isso, filha, não se cobre. Pois, você sabe qual é o maior aspecto que mantém vocês presos aqui nessas repetições de lições e de encarnações? É esse tipo de sentimento que você tem por você mesma, filha. Isso prende vocês na matéria. Essa cobrança, esse olhar somente para os defeitos e os erros. Liberte-se da sua autocobrança, filha. Você é linda perante Deus e perante nós que estamos desse lado aqui. Você brilha luz e amor. A casca vai sendo removida aos poucos, mas sem cobrança, filha. Por hora, tu vais observar que tens um defeito aqui, outro defeito ali, mas vai só olhando e deixando. Uma hora vai sumir. Deixa sumir de forma natural, filha. E o pai aqui vai estar presente contigo esses dias, certo? Para trazer um pouco mais da lembrança de como a vida é abundante e feliz. Fica em paz filha. Salve!

Pai José de Aruanda

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Fevereiro/2017

Colaboração: Ilza Barreto.

Fonte: http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/ e http://coracaoavatar.blog.br/