Translate

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

O despertar para o seu real propósito – A Fonte


Vamos lembrar de um primeiro momento quando ainda não eram capazes de entender o fluxo da energia no planeta.

Eram órfãos de uma energia muito maior, da qual estavam temporariamente adormecidos, mas não desconectados.


A percepção era de desconexão, mas o que ocorria era um adormecimento de suas faculdades da alma, de sua capacidade de ser luz.

Do instante do despertar, se deu a descoberta de que carregam uma parcela da luz da Criação dentro de si, e que antigas parábolas contadas por grandes mestres podem ter sido reais. Até esse momento acreditavam que não havia verdade naquilo tudo, e que não passava de contos metafóricos para os ajudar a compreender um ensinamento que estava por trás das palavras.

Mas a verdade é que nem sequer as palavras por trás das supostas metáforas, eram capazes de decifrar. Tudo era muito confuso, não entendiam o real significado do amor, era tudo uma zona cinzenta, onde tentavam descobrir uma maior conexão com algo que transmitisse luz, mas não conseguiam, pois suas crenças tão enraizadas os mantinham presos na ilusão daquilo que era conhecido até aquele momento de suas vidas.

Frequentemente boicotavam a si mesmos, quando em situações que a vida os colocava a os provocar o despertar, mas repetiam diversas vezes os mesmos erros, escolhendo a estrada da ilusão novamente. Tinham medo de enfrentar a nova estrada que se mostrava, simplesmente porque era nova. E estavam calejados de sofrer e de tomar caminhos errados. Pensavam que entrar pela porta estreita os faria sofrer novamente. E então, ao observar a porta larga ser o caminho escolhido por tantos outros de vocês, não hesitavam em escolhê-la, pois ao menos se esse fosse um caminho de dor e sofrimento, não estariam sozinhos.

Ocorre que são poucos que entraram pela porta estreita, e de lá não mais os viram. Eles se perderam no horizonte e não tiveram mais contato com eles. Não sabem do seu paradeiro, só sabem que vocês permanecem aqui e a sua vida não mudou em nada.

Um belo dia chega a vocês um peregrino, e ele vem dizer ser Jesus. Ele se apresenta como o messias, o salvador da humanidade. Ele diz carregar a voz de Deus. Essa voz ressoava em seu coração e sua mente, ele dizia. Vocês não entendiam como seria possível que Deus falasse com ele. Como seria essa audição? Como seria essa voz?

Como seria possível que esse conterrâneo que se distanciou de tudo e de todos, entrando pela porta estreita, retorne após tanto tempo falando coisas que não fazem nenhum sentido a nenhum de vocês. Vocês permaneceram aqui, unidos, sofrendo as intempéries da vida, mas ainda assim unidos e auxiliando-se mutualmente, quando não se digladiando e atacando.

Enfim, permaneceram na porta larga. E então chega esse messias a os dizer que tudo o que fazem está errado. Chega confrontando todas as suas verdades. Obviamente que duvidam de sua palavra. E houveram retaliações. Essas retaliações o recriminaram e causaram a sua crucificação.

Toda essa história vocês já conhecem. Mas o que ainda não sabem é que estão a repetir a mesma história que viveram há muitos anos, mas por meios um tanto diferentes.

Vocês ainda permanecem a não saber o significado real do amor. Quando diante de um amado peregrino que traz a verdade de amor, não hesitam em julgá-lo e acusá-lo de confrontar as suas sombras de frente e atacar o seu ego, que permanece na defensiva a impedir que se transforme o seu coração para algo mais irradiado de amor e purificado.

Percebam que, de tantas transformações sociais que a humanidade presenciou, ainda assim mantém os mesmos comportamentos. E não é capaz de acolher com amor os messias que se colocam em seu caminho.

Os messias, filhos, são aqueles que fazem parte de sua jornada. Que confrontam suas certezas e suas verdades, que atacam seu ego de frente, que os desafiam a serem melhores, a os ouvirem e os amarem em quaisquer circunstâncias. Vocês negam a presença dos messias que se apresentam em sua caminhada assim como negaram a presença de Jesus há muitos anos, que veio com o mesmo propósito de despertar o amor em seus corações, e fazê-los entrar pela porta estreita da vida, ao encontro do Pai.

Lembrem-se, amados, que enviei o meu amado filho como exemplo do meu amor, a mostrar a todos a caminhada que podem percorrer, porque são capazes de transformar a si mesmos e acolher os seus irmãos em fraternidade e paz. Vocês são capazes de se tornarem os messias seguidores da minha luz, e assim a essa luz retornarão, se tornando capazes de realizar atos inimagináveis pela mente controlada pelo ego. Vocês são capazes de multiplicar os pães, de saciar toda a fome do planeta e de amar todos os seus inimigos. Vocês são capazes de restaurar o equilíbrio desse planeta, e isso se dará apenas através do retorno a mim.

Lembro nesse momento a vocês que estou a chamá-los através do meu amor, que é a verdadeira essência do meu existir. Eu sou uma vibrante Fonte de Energia de Amor, e vocês são pequenas parcelas de mim, apenas desgarradas como ovelhas perdidas do rebanho.

Mas foi necessário que eu os espalhasse por esse planeta, filhos, pois como centelhas de luz da minha essência, vocês cumprem a missão de transformar cada local onde vivem, de resgatar as ovelhas perdidas que mergulharam em sombras e na ilusão do distanciamento do meu amor.

Vocês são os missionários desse plano, que eu acolho com todo o meu amor, mas se faz necessário que se entreguem a mim, em verdade e humildade, e se despeçam do comando do ego, que os afasta da sua real capacidade de amar e acolher todos os pedacinhos de vida que ficaram perdidos por esse plano, a buscar o caminho de retorno a casa do Pai.

Estou a irradiar a vocês, meus filhos, todos na mesma intensidade, o meu amor e minha luz, assim como irradiei a Jesus, seu irmão, que mostrou a vocês o caminho a ser trilhado e o propósito da existência de cada um de vocês. Não há diferentes propósitos, filhos, todos tem o mesmo objetivo desde o momento de sua criação, que é ser Deus em toda sua capacidade de Ser. É retornar à sua verdadeira essência que é Deus, independentemente dos meios que escolham para que isso se dê. E a diferenciação entre vocês se dá para que sejam capazes de atingir todos os recônditos desse planeta por vários meios, a recolher todos os irmãos perdidos do meu amor.

Sou a Fonte

Canal: Michele Martini – 01 de dezembro de 2018.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br