quinta-feira, 9 de novembro de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 168


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

NECESSITO FAZER CURSO DE REIKI?

Pergunta:

Amados Mestres, anjos e guias. É com amor e humildade que venho até vós. Gratidão por todo amor e auxilio recebido sempre. Amados, neste dia lindo venho vos pedir uma orientação, recebi através de uma amiga uma mensagem enviada por uma médium, em que devo desenvolver a cura através das mãos, me orientou a praticar o Reiki ou Apometria. No momento, a minha condição financeira ainda não me favorece para fazer esses cursos, graças à ajuda e bênçãos, minhas finanças melhoraram e tenho certeza que serão ainda melhores. Muitas vezes sinto minhas mãos esquentarem, e em seguida sinto um calor que corre minhas costas. Às vezes sinto que devo direcionar essa energia para alguém. Gostaria de saber como desenvolver esta habilidade (não sei se esse é o termo correto), ou como posso trabalhar isso? Gratidão infinita, amados.

Resposta:

Para trazer a chama da paz e da cura a transformar a sua vida e a daqueles que virão a tomar contato contigo filha, apenas aprenda a confiar na sua própria intuição. Sempre que receberes um chamado através de alguém, ou mesmo de fatos que se colocarem diante de você, traga ao seu coração para sentir se é esse o caminho que deve ser seguido, ou se ainda não é o momento de se entregar a essa experiência. A Energia Reiki e o curso trará a você uma abertura para que inicie o trabalho de acordo com o seu coração. Enquanto isso, para que se  sinta mais confortável com essa nova energia, procure senti-la, há um lugar onde pode receber a energia Reiki sem necessidade de troca financeira, e poderá experimentar e sentir o que ressoa com o seu coração. Mas lembre-se, filha, viva sempre o momento presente sem cobrar-se ou tentar trazer experiências as quais ainda não se sente preparada. Tudo vem no momento certo e da forma perfeita, desde que esteja centrada em seu coração e no aqui e agora.

Sou Lanto

MEU NAMORADO E EU SOMOS CHAMAS GÊMEAS?

Pergunta:

Olá, meus queridos Mestres. Gratidão imensa por esse espaço que tanto nos ajuda. Tenho lido bastante sobre as chamas gêmeas. Sinto uma forte conexão espiritual com o meu namorado, um sentimento muito diferente. Somos bem discrepantes, e ele, por enquanto, não busca o despertar. Pergunto-me: porque eu tenho tanta dúvida sobre a nossa relação? Nós dois devemos ficar juntos? Somos a chama gêmea um do outro? Bênçãos e luz!

Resposta:

O chamado para a união das chamas gêmeas é algo que virá com o tempo, com a evolução do espírito. Apenas quando estiver preparado, o espírito será chamado a se unir ao seu complemento divino a expandir a luz abundante por toda a existência. Dessa união nascerá uma nova forma de existência, multidimensional e não material. Todas as ligações estabelecidas na matéria são apenas para preparar o espírito para o desprendimento de todas as restrições que carrega por eras, e o impedem de estabelecer essa união. Mas no momento que estiveres preparada para a concretização da união das chamas gêmeas, não mais terá tais questionamentos ou preocupações materiais. Estará em um novo nível de expansão de consciência, e preparada para a ascensão. E assim é.

Sou Maitreya

MEU COMPANHEIRO NÃO TERMINOU SEU ANTIGO RELACIONAMENTO

Pergunta:

Queridos Mestres! Muito obrigada por toda orientação dada a mim ou em resposta as outras pessoas, que servem também para mim. Esse ano, na minha busca de um companheiro, eu conheci um homem que dizia que estava no final de um relacionamento. Como tínhamos muitas coisas em comum e afinidades, nos conhecemos e nos falamos por sete meses. Depois nos encontramos duas vezes e no último encontro percebi que ele não havia finalizado seu relacionamento e talvez nem tenha intenção em fazê-lo. Mestres, estou tendo a percepção correta do que esse relacionamento poderia ou não ser comigo? Eu quero tanto viver uma história de amor com um companheiro. Isso vai ser possível para mim? Gratidão.

Resposta:

Filha. Traz em seu coração a ânsia de ter um companheiro. Mas ainda necessita aprender a cultivar o amor por si mesmo. Todas as emoções contidas necessitam ser observadas com afinco e amor. Da mesma forma que doaria seu tempo e atenção a um relacionamento, aprenderá com o tempo a dedicar essa mesma atenção a si mesma. É esse abandono de si e do que ocorre com as suas emoções, que permite que se vincule em ligações que nada dizem sobre a sua verdade, e desvia o seu caminho de encontro consigo mesma. Nada será capaz de desviar de forma definitiva o encontro com a sua verdade, e você está apenas a adiar esse dia. E por isso filha querida, essas são apenas distrações da mente que aprenderá a soltar-se, e será você guiada a voltar-se para dentro de si mesma, repetidas vezes, até que decida se observar. Esse é o recado que deixo a ti com todo o amor.

Rowena

DEVO MANTER UM RELACIONAMENTO BASEADO EM PRAZER CARNAL?

Pergunta:

Queridos Mestres, e queridos canais, agradeço a orientação, e a disponibilidade e generosidade. Venho colocar um assunto que já abordei uma vez anterior. Mas muito sinceramente, senti que a resposta não ressoou com a minha verdade interna. Sei que a responsabilidade também foi minha por não ter explicado bem as minhas circunstâncias de vida. Então o assunto é, relacionamentos amorosos. Tenho 50 anos e estou separada há aproximadamente cinco anos (não estou certa). Tenho dois filhos adolescentes e tenho uma vida muito feliz, sentido que sou abençoada. O processo que me levou à decisão da separação foi doloroso e desencadeou um despertar que me aproximou muito de Deus e que me fez buscar as verdades Divinas. Nesta busca trilhei um caminho espiritual que mudou a minha compreensão da vida e do Universo, e me fez trabalhar de forma mais empenhada no meu progresso espiritual. Estive três ou quatro anos, sem pensar em relacionamentos amorosos, porque tinha outras prioridades. O meu crescimento espiritual era o meu principal objetivo. Mudei o meu regime alimentar, abandonando a carne, deixei de fumar, introduzi a meditação diária, fiz dois cursos de Reiki, fiz terapias de cura, mudei padrões de pensamentos e padrões emocionais, melhorei a saúde, intensifiquei a alegria e a gratidão por todos os momentos que vivencio.  Compreendi também que não tinha qualquer medo de ficar sozinha e que mesmo na solidão me sentia sempre acompanhada pelos meus guias, mestres e Deus. No entanto à medida que o tempo passava sentia que a vida era fácil e cômoda, porque não tinha ninguém para me contrariar, ou para me fazer sair da minha zona de conforto. Comecei a sentir que a existência de um relacionamento poderia estimular o meu crescimento e desafiar-me para outras experiências de vida. Preparei-me então para receber com gratidão o que o Universo me enviasse. Conheci alguns homens que não me interessaram, e por fim conheci um que me despertou interesse, uma enorme atração física, uma química muito forte e um magnetismo indescritível. Mesmo sabendo que era uma pessoa que não estava no mesmo caminho de crescimento espiritual como eu, considerei que não era um obstáculo. Entretanto passou-se um ano e três meses em que me relaciono com esta pessoa, e se durante muitos meses me senti feliz pelas experiências que me foram proporcionadas, nos últimos três meses comecei a considerar que a relação não estava a evoluir, e que seria mais apropriado para mim, finalizar este relacionamento que tem um cariz marcadamente físico e carnal. Este homem é muito focado no trabalho e não tem tempo livre. Tomei a decisão de finalizar por duas vezes já, mas uma semana depois sinto que ainda não chegou a hora e volto a procurá-lo para nos reconciliarmos. Ele recebe-me sempre de braços abertos. Sou uma pessoa um pouco indecisa em alguns aspectos da minha vida. Como poderei saber se estou no caminho da minha verdade, ou se estou a adiar o encerramento de um capítulo da minha vida, que se torna necessário para poder progredir para outras etapas de evolução? Espero ter conseguido ser suficientemente clara. Gratidão pela oportunidade, e humildemente me despeço desejando bênçãos infinitas para Thiago e Michele

Resposta:

Eu lhe pergunto: porque não pode manter uma relação prazerosa e que lhe traz prazeres carnais, como cita? Porque se julga e não se permite apreciar e saborear o que a vida lhe oferece? É muito simples: apenas necessita decidir se basta de brigar contra a sua felicidade e planejar o que seria perfeito para você, ou se, pela primeira vez vai romper esse ciclo e aceitar o que se apresenta com o desprendimento de tudo aquilo que acreditava ser certo ou errado. Apenas se abra ao que lhe agrada. Perceba que já viveu por muito tempo a brigar contra as suas emoções. Então se livre delas! Elas não servem mais para você! Basta de dar ouvido às emoções. Apenas as deixe de lado até que se dissolvam no tempo. E enquanto aguarda o tempo passar, se entregue ao prazer da vida e ao momento presente.

Osho

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Novembro de 2017.
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br