segunda-feira, 2 de outubro de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 151


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

QUAL CAMINHO EU DEVO SEGUIR?

Pergunta:

Mestre, maravilhoso o que me foi descrito. Realmente, brigo comigo mesma o tempo todo. Sou formada em direito, estou estudando para concursos, mas às vezes acho tão sem graça, tento olhar para o futuro e fico deprimida quando penso que é só isso. Eu sinto que tenho tantos outros talentos, alguns incompatíveis com essa área pública. Tantas outras coisas que amo, que são incompatíveis com a vida pública, e é por isso que entro em conflito, pois penso que posso fazer outras mil coisas, posso morar em outro país etc. Mas não consigo tomar uma decisão, muitas vezes vejo a vida pública como caminho (magistratura federal), e em outras vezes vejo-me em outros caminhos. Fica confuso entender o propósito da minha alma e aceitar ele. Tenho medo, insegurança, e vivo em confusão mental e conflito de sentimentos, e não consigo tomar uma decisão segura, e enquanto isso, eu continuo estudando para concurso. O tempo está passando e quero mudar isso em minha vida, pois quero ter segurança nas minhas escolhas, sem ficar olhando para trás. Quero ter autoconfiança, quero poder seguir em frente, antes que seja tarde demais. Ajude-me, Pai. Eu gostaria de saber se é de fato no direito (magistratura federal e outros concursos intermediários) o meu caminho, ou se eu devo seguir em busca das outras coisas que pairam em minha mente. Às vezes tenho a sensação de que se seguir outro caminho serei punida. Gratidão eterna.

Resposta:

Filha, o seu propósito como o de todos, é de servir. A resposta que você busca que é como servir, é algo que virá apenas do seu coração. Observe e procure identificar o que faz o seu coração pulsar em amor. O que a faz sentir amor e gratidão pela vida? A melhor forma de servir, filha, é deixando que o coração irradie em suas ações, servindo em amor. Deixe a mente silenciar, e permita que o seu coração lhe mostre o que é o servir com amor.

Sou Rowena

PORQUE TENHO ALTOS E BAIXOS?

Pergunta:

Bom dia amados Mestres! É sempre uma grande honra. Mestres, eu estou no caminho do autoconhecimento há bastante tempo. Antes eu buscava algo que não sabia exatamente o que era, mas minha alma sempre me fazia buscar por algo mais. Hoje sei o que quero, quero expandir cada dia mais minha consciência, e a cada nova descoberta nesse caminho é uma grande alegria e entusiasmo. Mas mesmo com tantas descobertas e mudanças incríveis na minha vida, ainda tenho dúvidas se eu estou evoluindo, pois tenho muitos altos e baixos ainda. Leio sempre a respeito da evolução planetária, e o quanto somos importantes nesse momento, mas às vezes, acho que eu não tenho importância alguma no contexto por não fazer nada extraordinário. Qualquer palavra de vocês acalenta sempre meu coração e agradeço imensamente por isso.

Resposta:

Extraordinário minha filha, é a vida daquele que superou todas as suas restrições e focos de sofrimento impregnados em sua alma, para brilhar em luz. Esse foco de luz fará contribuições para o planeta, á nível de transformação definitiva da Nova Era. A sua estrada é de autosuperação. Por hora, aceite, acolha e ame as suas imperfeições, dissolva-as no seu amor para que de fato sejam elevadas em sabedoria. Aprenderá a manter o equilíbrio e não apresentar mais os altos e baixos quando acolher as suas imperfeições, e compreender que elas nunca deixarão de fazer parte de ti, mas que serão elevadas em sabedoria a seu nível de alma. Siga nessa busca e obterá o equilíbrio e a paz.

Sou Sanat Kumara

QUEM SOU EU E QUAL A MINHA MISSÃO?

Pergunta:

Olá Mestres. Minhas perguntas e dúvidas são muitas, se eu fosse falar tudo demoraria muito, mas sei que vocês sabem tudo sobre mim, creio que não preciso contar tudo. Resumindo, faço essa pergunta: Sempre me senti diferente dos outros, sempre me aconteceram coisas estranhas, desde pequena, como ouvir vozes, ver imagens, sentir perturbações que vão e voltam, e certas coisas que não vão para frente, até parece que tem algum bloqueio, sempre busco por respostas, mas não as encontro. Sei que sou diferente dos outros, mas não sei as respostas. Algumas pessoas já me disseram que sou médium, às vezes eu vou a um centro kardecista, mas ultimamente estou desanimada, gosto da espiritualidade, mas não tenho nenhuma religião ou doutrina certa ainda. Então Mestres, eu gostaria de saber quem sou eu. Por que essas coisas acontecem comigo? Qual a minha missão? Tenho uns pensamentos estranhos os quais não quero pensar nem sentir, pensamentos em fazer coisas ruins até mesmo com quem eu amo, é o que eu mais sofro. Como me curar disso, como acabar com esses pensamentos negativos? Já pensei várias vezes em tirar minha vida por conta disso.

Resposta:

Sabe que você que procura trilhar pelos caminhos mais difíceis da vida, filha? Porque opta em seguir pela estrada de sofrimento, quando pode trilhar um caminho saudável e de paz? Tem recebido vários chamados a voltar-se para o aprendizado do amor e da caridade, mas vira as costas julgando-se capaz de seguir em frente sem o auxílio amoroso do Pai. A questão que necessita responder é: o que a impede realmente de se comprometer na sua purificação interior? O que a impede de buscar a sua transformação? Está disposta a passar por mais sofrimento para então decidir engajar-se na sua própria cura? Quem acha que deve ser a pessoa mais comprometida com a sua cura? Todos os recursos estão disponíveis a ti com muito amor, e os chamados são muitos. Basta apenas que direcione a sua vida para o comprometimento na sua própria cura, escolhendo uma estrada a trilhar para que cure todas as sementes de maus pensamentos que nascem dentro de si. Vives em um mundo onde habitam múltiplas dimensões simultaneamente, e ressoas com as que estiverem mais alinhadas com o que contém guardado dentro de você. O trabalho que necessita fazer é o básico do amor e da caridade, iniciando pelos exemplos dos mestres que trilharam por essa Terra a mostrar o caminho da purificação. A estrada que necessita trilhar é primeiramente aquela que a fará quebrar o desânimo e substituir pelo engajamento na sua própria cura.

Sou Clara de Assis

DEVO VOLTAR PARA PERTO DOS MEUS FILHOS?

Pergunta:

Gratidão aos Mestres. Estou há oito meses longe de casa, mudei-me para trabalhar. Não sabia que seria tão difícil a distância da família, sei que precisava desse tempo para poder me reencontrar, mas às vezes sinto receio que as coisas na minha casa fiquem fora do lugar. Agora a minha preocupação é com meu filho de 17 anos que nunca se separou de mim, e agora se sente perdido, e isso está me deixando agoniada, e me pergunto se realmente está valendo a pena ficar longe, mesmo que seja necessário pelo fato que eu mantenho financeiramente a família. E precisava me distanciar para ter a certeza que a relação com um namorado que deixei na cidade, não vai me levar a lugar nenhum, pois apesar de ser uma pessoa boa não consegue acompanhar a evolução da vida, está estagnado, ou eu simplesmente estou caminhando e mudando. Sei que hoje o que sinto por ele é somente uma amizade e que preciso fechar o ciclo. Estou buscando trabalho para voltar, estudando para concursos, mas sinto que ainda vou precisar ficar mais um pouco por aqui. Então preciso de ajuda, pois às vezes sinto vontade de largar tudo e ir embora e sei que agora não posso fazer isso, preciso continuar a minha caminhada. Estou precisando acalmar meu coração que anda apertado em relação aos meus filhos, pois isso é a única coisa que importa agora. Gratidão!

Resposta:

Filha. Por mais que pense que o ciclo fechou, ele precisa ser fechado com uma atitude direta sua. O afastamento lhe deu tempo e amadurecimento, apenas no sentido de perceber que ainda há algo que necessita ser finalizado. A expectativa de que, se afastando, tudo se resolveria sem necessidade de sua atuação, não foi confirmada na prática, certo, filha? Pois então vá em direção ao chamado do seu coração e encerre o ciclo que necessita ser encerrado dentro de si. O que podemos lhe dizer é apenas isso, pois a decisão é sua. Basta de sofrer, siga em direção ao seu coração, já tem coragem suficiente e força para enfrentar aquilo que temia ao se afastar. É chegada a hora de enfrentar os seus medos.

Sou Pórtia

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Setembro de 2017.
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br