quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Propósito - Michele Martini


Tudo na vida ocorre da forma perfeita.


E o despertar para o nosso propósito vem aos poucos. Na medida em que vamos trabalhando a liberação das restrições, e dessa forma nos preparamos para assumir algo maior, mais alinhado ao nosso propósito de alma.

Dessa forma vamos limpando as raízes podres, vamos curando as feridas, perdoando, e nos soltando da prisão mental que criamos para nós mesmos.

Essa liberação da prisão mental abre o olhar a novos horizontes, que vem a se materializar de forma concreta e sem possibilidade de erro.

O caminho reto que começa a ser trilhado a cada etapa da limpeza é sempre em direção ao propósito, à completude interior.

O propósito é atender sempre ao chamado do coração. Mas para que as portas das oportunidades se abram para a materialização em nossa vida, necessitamos abrir espaço dentro de nós, desde o momento da remoção de antigas crenças e formas de ver a vida, de aceitação da rotina dentro de um ciclo vicioso de sofrimento e masoquismo, nos libertamos para ser preenchidos com mais amor e mais luz.

Pergunte a si mesmo: O que acende o seu coração?

As palpitações do coração podem vir carregadas de medo, de temor, ou de amor.

Quando vêm carregadas de amor, a leveza toma conta de nossas vidas quando sentimos esse pulsar do coração, ao nos aproximarmos mais e mais do nosso propósito. Isso vem de forma leve, doce e calma.

Não é como um rompante a causar o medo do novo, mas a verdade vai se mostrando aos poucos e abrindo o nosso olhar para a nova vida que iniciará a partir dali.

Então temos a certeza de que devemos trilhar por esse novo caminho, pois a luz que brilha do nosso coração, a nos atrair à mesma luz que traz o chamado do nosso propósito, é muito forte a nos atrair, como um imã ligado pelo coração.

O propósito, quando se apresenta, vem irradiado de amor, de doçura, e nos liberta do temor pelo dia de amanhã, pelos entraves do caminho, e pela dureza do coração. A luz nos irradia de forma mais intensa, e a vida passa a manifestar abundância e felicidade simplesmente por ser vivida. Pela oportunidade existir.

Esse é o chamado do despertar. Nessa Nova Era, a descoberta do coração será por unir o amor ao nosso trajeto, e então trabalhar apenas para o amor e nada mais.

Quando amamos a nossa vida, somos mais felizes. Quando nos prendemos a um ciclo masoquista de sofrimento, estamos impedindo a nós mesmos de sermos luz.

O medo por vezes nos mantém nesse ciclo de masoquismo por muito tempo, mas na medida que a libertação de cada elo dessa corrente de prisão é rompido, mais luz nos irradia, e ilumina ainda mais o nosso olhar, a nos mostrar o propósito que se torna mais claro e é revelado a nós.

Não há porque se preocupar ou forçar as transformações, pois a preparação é necessária, o processo é gradativo e libertador, e trará sempre a purificação do olhar.

A descoberta virá através do chamado do coração, do pulsar em amor e luz, e as novas experiências se apresentarão primeiramente nesse chamado interno, para depois romper todos os elos da corrente que ainda se sustentam, a irradiar uma luz mais forte da descoberta por um ideal.

Essa grande luz irradia de dentro para fora, a atrair como um polo magnético todas as possibilidades de materialização desse sonho, que antes só existia a pulsar no coração envolto de uma máscara ilusória de medo e confusão mental, mas que agora se liberta e irradia em amor a nos guiar ao nosso verdadeiro propósito.

E a vitória do amor se dá!

Irradiando mais luz ao planeta!

Nos libertamos do medo e do ódio, dos entraves ilusórios mentais que criamos para brilhar na nossa caminhada! Estamos livres e libertos para apenas ser amor!

Somos amor em nossos gestos, no olhar, na relação com o mundo e com as pessoas, e também em todas as atividades que nos propomos a executar. Brilhamos em luz abrindo também o olhar daqueles que estão envoltos em sombras criadas por eles mesmos, e àqueles que não conseguem criar a inspiração dentro de si mesmos a iluminar a sua própria caminhada. Nos tornamos a inspiração por um mundo melhor de mais luz e amor.

Mostramos que sim, é possível ser feliz e transformar o todo em uma manifestação de amor!

E assim é

Michele Martini - 26 de setembro de 2017

Fonte: www.pazetransformacao.com.br