quarta-feira, 20 de setembro de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 147


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

POR QUE NÃO CONSIGO DORMIR DIREITO?

Pergunta:

Estou imensamente grata pela oportunidade. Gostaria de saber por que não consigo dormir direito, tenho muitos sonhos, sinto um misto de dúvidas e certezas, difícil explicar em palavras. Sinto como se nunca fosse suficiente o que eu faço. Gratidão!

Resposta:

O que você sente filha é ansiedade. Você projeta sua mente para o futuro, ou para o passado, e se esquece de permanecer no presente. Aprenda o poder do agora. Aprenda que existe apenas o aqui e o agora. E pense: de todos os medos que você já sentiu, algum deles se concretizou? Você está vivendo e tudo está bem. E se eu pudesse dizer algo para você do passado, eu diria: deu tudo certo, e está tudo bem. E se eu pudesse dizer algo para você do futuro, eu diria: deu tudo certo, e está tudo bem. Então aprenda essa paz do presente, e esteja bem em sua própria companhia.

Sou Jesus

SINTO DIFICULDADE EM DESLIGAR-ME DE PENSAMENTOS NEGATIVOS

Pergunta:

Durante toda a minha vida eu me lembro de sentir sempre angústia e falta de energia vital. Fui melhorando à medida que mudei certas atitudes em relação a mim mesmo e ao outros. No entanto raramente sinto estados de alegria. Tento sentir-me bem com as pequenas coisas, tenho mais assiduamente meditado, passeio mais pelo bosque, mas esta sensação continua. E ultimamente parece que não quer passar. Tenho mais dificuldade em desligar-me dos pensamentos negativos, tenho pouca paciência para com as crianças, e depois me sinto culpada. Deem-me alguma orientação, por favor.

Resposta:

Saudações minha irmã. Que a luz a resplandeça de fé e esperança. Que a força a preencha nesse agora, satisfazendo suas ansiedades e dúvidas. Eu Sou El Morya, um irmão que nesse instante vem lhe dar um impulso de amor. Veja a estrada que a ajudou a tomar atitudes em relação a si mesmo e as outras pessoas. Esse será sempre o caminho de seu próprio descobrimento, colocar limites para que possa servir antes a si própria. Você está aprendendo a simplesmente ser seu próprio complemento, deixar de ser aquela que serve a todos e que necessita de algo externo. Esse é o caminho para que reconheça o feminino dentro de você, e equilibrar essa energia ao seu lado masculino. O próximo passo será aprender a transbordar seu amor, mas dentro dos limites de seu próprio bem estar. Então estará encontrando o caminho do equilíbrio para que sua harmonia irradie ao mundo. Esteja em paz e seja sua própria proteção interior.

El Morya

GOSTARIA DE SABER SE ESTOU NO CAMINHO CERTO

Pergunta:

Bom dia. Eu mudei de trabalho no intuito de seguir meu propósito e ter mais tempo para minha filha, porém às vezes me sinto sem forças e cansada de continuar no projeto. Gostaria de saber se estou no caminho certo. Gostaria muito de mudar de país, mais precisamente para Portugal, estaria fazendo algo bom para mim e minha filha? Namastê!

Resposta:

Filha. Aconteça o que acontecer estará sempre no caminho. Na matéria não há uma estrada, mas experiências que a conduzirão a um ciclo de repetição, até que perceba que o que realmente busca não está do lado de fora, em um país, em um novo trabalho, pois nada disso te preencherá. Enquanto achar que o mundo de alguma forma a satisfará, estará novamente caindo no tédio da vida. Estará esperando que a matéria, que o externo a preencha. A única coisa que te preencherá, será quando esvaziar esse querer, quando perceber que a vida é uma repetição de experiências para que desperta e encontra a única coisa que realmente importa, você mesma. Comece procurando por seus talentos, por seus dons, por aquilo que te irradia. Ao invés de procurar por lugares, busque por seus talentos. Eles são aquilo que te levarão ao propósito maior. Então desenvolva seus talentos, e independente do local físico que estiver, esteja em paz.

Sou Serapis Bey

EU TENHO UM FILHO, E MEU NAMORADO TEM DIFICULDADES COM CRIANÇAS, O QUE FAZER?

Pergunta:

Bom dia amados Mestres! É sempre uma honra entrar em contato com vocês dessa forma. Mestres, eu estou em um relacionamento há dois anos, meu namorado é um homem que está na mesma busca espiritual que eu, e foi através dessa busca que nos conhecemos e nos unimos. Gosto muito dele, mas ele tem uma dificuldade com crianças, um receio, e não faz questão de se dar bem com meu filho. Durante esse tempo respeitei por ser uma dificuldade dele, mas sempre fiquei triste com isso. Sinto-me sempre separada, e tudo que mais quero é nós três juntos, nos respeitando e crescendo juntos. Mas tem sempre muitas dúvidas, será que é um desafio que precisamos superar para ficarmos juntos em harmonia? Ou o melhor a fazer será largar mão desse relacionamento e seguir em frente, por que isso não vai acontecer e eu estou iludida? Orientem-me! Estar aqui às vezes é tão complicado. Sinto o amor de vocês a cada momento. Um dia espero poder encontrá-los se possível. Um abraço apertado.

Resposta:

Filha. Você está sempre sob nosso abraço, sempre em nosso coração, jamais a deixaremos. Essa é nossa promessa. Ancore em seu coração seu autoamor, ancore seu autorespeito e faça um exercício em estado de meditação. Coloque seu par a sua frente, e ao seu lado esquerdo está você com dez anos de idade, e do lado direito seu filho. Você está no centro e seu par a sua frente. Conecte-se através do plexo solar (região do estômago) ao seu par. Pergunte-se como sente seu abdome, preso ou solto? Se estiver preso é porque está segurando seus verdadeiros sentimentos em razão do medo de estar só. Agora deixe que sua criança brinque com seu filho e, nessa brincadeira, pergunte a ele como ele se sente diante dessa situação. Deixe seu filho dizer. Observe a conversa entre as crianças. Agora imagine uma conexão entre todos através do coração. Onde o laço está mais fraco? Em qual dos personagens? Agora filha, a partir do que aprendeu com esse exercício, exponha ao seu par, com amor, seus sentimentos. Pergunte a ele porque isso se dá. Ajude-o na cura da dor interior dele e mostre como é importante que uma criança receba amor. Esse amor que recebemos na infância é o que nos permitirá amar no futuro. Depois dessa conversa tome a melhor decisão se perceber que a cura não é possível. Esteja em paz.

Sou Rowena

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Setembro de 2017.
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br