domingo, 30 de julho de 2017

22. Como viver de forma plena?


Para viver de forma plena, é necessário compreender que você não é capaz de controlar tudo. Você tem a visão restrita da matéria, por ser apenas o braço de uma energia maior, que é manifestada por você.


Mas necessita compreender que todos os seus passos, toda a sua história, será guiada por essa energia maior, e da qual não adianta fugir.



Toda a sua caminhada será marcada por todas as experiências que forem necessárias, para que possa, gradativamente, manifestar essa energia divina com mais e mais intensidade, até que se despeça completamente da veste de carne, para então brilhar a essência do Eu Sou.



Aquele que segue pelo caminho contrário, sempre será trazido para o rumo certo, pois a luz não cessa o seu brilho, e a energia divina continua a crescer dentro de você. Para que seja trazido novamente ao rumo certo, gera sofrimento em sua própria vida, trazendo perdas, decepções, mudanças de caminho e separações. É apenas a energia divina criativa dentro de você, acertando o rumo da sua vida, para que ela possa cada vez mais se expandir.



Eu não digo que toda essa história ocorre em apenas uma vida, ou uma encarnação, ou em uma manifestação no tempo presente material, mas acontece de forma simultânea em múltiplas dimensões da sua existência, pois você sabe que vibra a sua energia em diferentes dimensões ao mesmo tempo.



As experiências alcançadas e a sabedoria conquistada em uma dimensão, reflete na outra, pois todas elas são você mesmo. Por isso a importância do silenciar da mente, dos momentos de meditação, pois é quando você toma contato com os seus outros Eus multidimensionais, e então a energia se funde.



Você pode elevar a sua consciência em várias dimensões, e coletar lá toda a sabedoria, energia sutil, saúde e estado de paz que necessita para viver essa experiência aqui material. Mas poucos se utilizam desse recurso, que faz parte de si mesmo e está à disposição, pois é nada mais do que você.



O fato de se conectar com o seu estado de consciência plena, unir-se às suas diversas manifestações, aproxima você do Eu Sou, ao qual todas essas manifestações estão conectadas, e onde há a biblioteca cósmica de sabedoria adquiria por todos os braços dessa energia, e você é um deles, e está ligado a essa biblioteca.



Sendo assim, não há com o que se preocupar, pois todas as vezes que toma decisões, sente medo, raiva, ódio, vingança, temor, tristeza, todas as vezes que decide mudar de caminho com base no medo de arriscar, ou que segue por outro caminho com base no ego e na busca pela completude material, você está fechando os ouvidos, fechando a sua consciência, a ouvir a voz do Eu Sou, que é a única energia que o guiará para o caminho correto.



Todas as vezes que você acerta o caminho, que toma a decisão acertada na vida, e que o traz plenitude e paz, completude real, e não a nível material, é porque seguiu o caminho mostrado pela sua energia divina interior Eu Sou. E então não há com o que se preocupar, pois você sabe que está sendo guiado e protegido por uma energia que está além da matéria, e que basta acessá-la.



Mas para acessá-la, é necessário o estado de desprendimento, de entrega total, de fé. É quando esvazia a mente de informações, e dá lugar para que seja ocupado por essa energia divina criativa, que mostrará sempre o caminho certo na vida, aquele caminho que desviará dos vales de sofrimento e dos erros que trazem dor e perdas.



Vocês iniciam relacionamentos com base nas informações que chegam no campo mental, no ego, na carência, no medo. E então a luz divina interior precisa interromper esse fluxo para que vocês se abram à verdadeira abundância na vida, às possibilidades que virão a iluminar e complementar a sua luz. E assim ocorre uma separação nesse relacionamento, que trará dor. Mas entenda que o caminho guiado pela luz e verdade do Eu Sou, nunca o levaria a iniciar esse relacionamento, pois não guia a sua vida com base em ego, carência ou medo, e sim na verdade da sua alma, na sua essência divina. O caminho guiado pelo Eu Sou, o levaria a brilhar a sua própria luz, e dessa forma atrair para perto de ti, por ressonância, uma luz como a sua, com todos os pequenos aspectos da personalidade que viriam a completar a sua experiência, de forma que possam aprender juntos e se completar, se fundir e auxiliar um ao outro rumo a brilhar a própria luz.



Perceba então que para viver em plenitude, é necessário apenas soltar, ter fé, e confiar que o melhor sempre se dará quando segue a voz da sua consciência, desprovida da interferência do campo mental. E por mais que o caminho mostrado possa despertar certo sentimento de insegurança e medo, então é mais uma evidência de que é o caminho certo, pois sabe que os sentimentos de insegurança e medo não são gerados pela mais pura luz divina, e sim pela mente ligada aos sofrimentos da matriz planetária.



A entrega da sua vida à sua consciência é o que o fará ter uma vida sempre plena e feliz.

Michele Martini
Fonte: www.pazetransformação.com.br