segunda-feira, 17 de abril de 2017

PERGUNTE AOS MESTRES - 55


CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO

PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO

PAZ, LUZ E AMOR.

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

FASE DE MUDANÇA NA MINHA VIDA

Pergunta:

Gostaria de agradecer novamente a oportunidade e o amor de todos os seres de luz. Mestres, eu estou em uma fase de mudança em minha vida, como devem saber. Isso me gera muitas dúvidas e um pouco de medo, mas ao mesmo tempo muito ânimo e alegria, pois há muito anseio por mudanças positivas. Vocês sabem da minha luta para conseguir um trabalho na área em que me formei, e agora abriu um concurso para esta nova cidade onde irei mudar e gostaria que vocês me orientassem. Além de estudar, como posso me preparar para conseguir uma vaga neste concurso. É um trabalho que gostaria muito. Acredito que as coisas acontecem quando deve acontecer, o Universo nunca falha, e que nada é por acaso. Vocês podem me passar algumas instruções para me preparar melhor? Desejo muito mudar, melhorar, mas como posso confiar mais em mim e superar meus medos? Obrigada!


Resposta:

Filha. O que precisa é se libertar da dúvida e ansiedade para que algo ocorra. Precisa levar a situação com confiança que o melhor se dará. Se entrar na situação com dúvida isso te conduzirá a um estado que carregará cargas desnecessárias em seu caminho. Apenas confie, continue a estudar, mas desapegada de resultados. Ele virá, se se livrar de toda a pressão que põe em ti. Para isso não deverá aceitar cobranças exteriores, de outras pessoas. Apenas flua na confiança que o melhor se dará, realizando sua parte que é o estudo necessário a obter o resultado. Esteja em Paz.

Sou Mestra Lis

AS COISAS QUE VENHO SENTINDO SÃO REAIS?

Pergunta:

Olá Mestres. Gratidão pela oportunidade. Estou buscando me conhecer e melhorar, tenho me esforçado nesse intuito. Já fiz alguns cursos de cura quântica, faço frequência de brilho, patchwork e outros, agora estou indo a um psicólogo que é hipnólogo, tenho acessado muita coisa, coisas relacionadas a vidas passadas e a uma vida em forma não humanoide, e nessa eu era um ser amoroso. Eu não era ruim. Eu me negativei ao passar pela experiência da carne. Tenho trabalhado muitas coisas em mim, mas estou com medo de tudo isso ser loucura e fruto de uma imaginação fértil, tem muita gente com problemas psiquiátricos na minha família. As coisas que venho sentindo são reais? Também já não consigo mais ficar nos ambientes sociais que eu frequentava antes, também não estou suportando ficar perto da minha família, principalmente da minha irmã. Há algo de errado comigo? Poderiam me ajudar? O que está acontecendo comigo? Se eu estiver fazendo algo ruim ou errado, peço orientação. Estou aberta as orientações de vocês. Gratidão! Muito amor e luz para todos nós.


Resposta:

Sat Nam. Saudações, irmã da luz. Sou Kryon e venho especialmente trazer a sua resposta. Pois és importante para todos nós. Está vivendo o processo que tantos outros estão simultaneamente, de liberação da experiência material, de limpeza de registros que foram obtidos durante as encarnações aqui na Terra. Você, assim como tantos outros vieram aqui trazer luz e em missão de paz. Mas ao se depararem com uma realidade densa, como é a experiência da matéria, acabam por se perderem do seu real propósito. E assim são muitos, que estão perdidos nesse planeta, em busca do reencontro com as suas verdadeiras identidades. Você, como tantos, veio em busca de evolução pessoal, mas não aquela que foi ensinada a vocês aqui nesse planeta, e sim a evolução para níveis superiores, que a experiência na matéria traz, não a se materializar aqui durante a encarnação, mas sim no seu Eu Real em dimensões superiores. Não se trata de alimentação do ego, ou de pensar ser superior aos demais. Mas apenas se trata da busca pela sua verdadeira identidade, que é a de todos nesse planeta, mas que alguns ainda não decidiram trabalhar de forma intensa. O processo pelo qual passa, é natural e faz parte da sua liberação. O real objetivo disso tudo, é fazer você perceber que não é isso que vê através do espelho, e sim você é a luz interior que está escondida dentro de si, mas que não pode enxergar com os olhos da carne, mas sim poderá descobrir quando começar a compreender como é a vida em sua totalidade e realidade. Perceberá que essa é apenas uma experiência e nada mais, e passará a viver os seus dias completamente liberta da necessidade de compreender isso ou aquilo, mas apenas absorvendo o que vier a ti, com gratidão e amor. Sabendo que levará daqui as melhores lembranças e lições para a sua real identidade. A sua família é provisória, assim como o seu corpo é provisório, tudo está presente nesse momento apenas para que tenha a oportunidade de viver a experiência. E assim pensando, libertará da culpa, do autojulgamento, que a prende no viver tentando se encaixar no que a sociedade compreende como certo ou errado, como sanidade ou loucura, e sim encontrará a sua verdade e viverá imersa nela, pois somente assim levará daqui experiências reais a fazerem parte da sua história. E assim é.

Sou Kryon

EU INFLUENCIEI NEGATIVAMENTE O CAMINHO PROFISSIONAL DO MEU MARIDO?

Pergunta:

Mestres, muito obrigada por tanta luz e amor. Há cerca de dois anos, meu marido quis mudar para o interior de São Paulo, mas eu não concordei, pois não queria ficar longe da minha família, e gostava muito de onde morávamos. Aí surgiu a oportunidade de ele entrar como sócio em uma empresa em uma cidade próxima. Só que a empresa estava (está) com muitos problemas e dívidas e tivemos que mudar de cidade, pois ele atualmente se dedica muito a esse negócio, tentando melhorá-lo. Então acabamos mudando para uma cidade que nem ele nem eu queríamos, e a empresa não vai bem e ele me acusa de estarmos nessa situação, porque eu tive medo de ir para onde ele queria. Sendo assim Mestres, será que com a minha relutância em mudar eu atrasei nossa missão de vida? Tem alguma chance dessa empresa se tornar lucrativa? O que devo aprender com tudo isso? Por favor, me ajudem, me sinto culpada e triste por estarmos nessa situação. Obrigada. Namastê!


Resposta:

Salve filha da luz! O Pai José tá aqui para mostrar a você que não deve assumir as dores e as lições dos outros, filha. A filha sim tomou a decisão correta lá atrás quando decidiu permanecer na sua cidade, pois assim dizia o seu coração, filha. Não há nada de errado em fazer o que diz o seu coração. O que acontece filha, é que o seu esposo não necessita seguir coração da esposa para guiar a vida dele mesmo. Ele precisa aprender a ouvir a própria voz interior dele. Enquanto ele não aprender a ser o dono da própria vida e do próprio destino, permitirá ser guiado pela vontade dos outros. Você filha, é livre para estar onde quiser e viver da forma que lhe trouxer mais felicidade. E assim todos vocês devem fazer nessa vida. Mas o medo filha, o medo que alguns sentem em precisarem tomar a frente da própria vida, faz com que terceirizem as suas decisões para os familiares mais próximos, que é o que ocorre com o seu marido. É mais fácil levar a vida seguindo o que os outros mandam fazer do que olhar para dentro de si mesmo e descobrir a própria verdade, o próprio querer. Quando colocamos as decisões da nossa vida nas mãos dos outros, não adianta culpar por ter dado certo ou errado né filha. Apenas basta como aprendizado para que na próxima vez faça o que o coração disser. E para a filha, deixa solto. A filha pode fazer o que quiser dessa vida, e deixar o marido que faça também, assim ele também tem a chance de aprender a seguir com as próprias pernas, tomando as próprias decisões e sendo responsável pelos resultados. Certo, filha? Fica em paz, filha. Salve!

Pai José de Aruanda 

DIFICULDADE DE CONVIVÊNCIA COM PAIS IDOSOS

Pergunta:

Amados Mestres e canalizadores, gratidão por todo ensinamento que tem nos proporcionado. Muito tenho aprendido e hoje gostaria de uma orientação sobre relacionamento com pais idosos. A terceira idade é uma fase delicada a todos os envolvidos. Meus pais estão idosos, adoentados e tenho tido dificuldades na vivência diária com eles. Gostaria de orientação sobre como lidar de uma maneira positiva e harmoniosa para o bem maior de todos. Gratidão!


Resposta:

Filha. O pensamento e a intenção de trazer uma vida mais digna a seus pais são louvável e pura, irradiada de amor. Mas perceba minha filha, que todos têm o direito ao livre arbítrio, e assim como uma criança eles necessitam de cuidados, mas já não são mais aqueles seres inocentes. Eles agregaram sabedoria durante a vida e hoje compreendem o mundo e as próprias vidas de forma diferente de uma criança. Por isso minha querida, oferecer amor e cuidado de forma livre, sem exigir aceitação e permitindo que cada um deles escolha viver conforme deseja, é a natureza do ser humano. Eles já não sabem viver da forma que os filhos compreendem como certo ou errado, adquiriram sabedoria e tem uma nova forma de ver o mundo. Portanto minha querida, o seu auxílio será muito bem aproveitado e recebido com amor por eles, se for desprendido da expectativa de um retorno, de agradecimento ou de elogios. Permita que eles tenham a vida conforme desejam, sem imposições. Apenas escolha viver de forma leve aproveitando a convivência. Fique em paz minha irmã.

Sou Mestra Maria Madalena 

MINHA VIDA ESTÁ BLOQUEADA NA ÁREA DOS RELACIONAMENTOS

Pergunta:

Amados Mestres. Gratidão por estarem comigo! Sempre tive muita fé, com o tempo me distanciei e agora sinto minha fé renovada, ela preenche meu coração. Gostaria de saber se tenho algum problema na área sentimental, do amor. Pois nunca namorei, nem me apaixonei perdidamente por ninguém e não vejo ninguém interessado em mim. Me amo sinto-me bem sozinha, não quero qualquer tipo de relacionamento, mas sinto falta, ás vezes de conversar, sair para me divertir, comer, dançar. Gostaria de escutar o que os Mestres têm a me falar sobre isso. Pois ás vezes eu penso que essa área da minha vida possa estar bloqueada. E também na área sexual, pois mesmo nunca tendo relações sexuais, sempre tive vontades e hoje a vontade está quase zero. Se eu estou bloqueada o que posso fazer para melhorar? Agradeço profundamente por me escutarem.


Resposta:

Amada filha. Tudo tem o momento certo para ocorrer. Tu és ainda nova para tais tipos de relacionamentos, tem muito para viver e descobrir sobre a vida e sobre si mesma. Quanto a teres momentos de diversão, porque não? Tu estás aqui para aproveitar a experiência que é a vida. Da forma que ela se apresenta. Não necessita de ninguém ou de algum tipo de relacionamento amoroso para fazer o que tens vontade, minha amada. És livre para sair, dançar, divertir-se sozinha ou com quem desejar a companhia, sem a necessidade para isso de haver um comprometimento amoroso com alguém. Cada fase da vida é marcada com certas experiências para que esteja preparada para a próxima. Portanto, minha querida, saboreie o que a vida lhe oferece no momento presente. Siga o que diz o seu coração como já aprendeste a fazer. Não há certo ou errado, há apenas o que é certo e ressoa com o seu coração. Fique em paz.

Sou Mestra Clara

SOU MÉDIUM MAS NÃO CONSIGO AJUDAR MEU NAMORADO

Pergunta:

Amados Mestres. Sou médium, trabalho ajudando pessoas, para solucionar os problemas delas, mas me sinto perdida ao tentar orientar o meu namorado. Ele passa por uma fase difícil, está desempregado, já esteve em situação similar diversas vezes durante a vida, mas todas as tentativas de procurar um emprego acabam falhando. Ele sonha em ser chamado em um concurso que foi aprovado, mas a situação se arrasta há meses e ele não tem uma previsão de quando começará a trabalhar. Ele se sente angustiado e triste, fica nervoso por não estar trabalhando, mas desmotivado em procurar algo. Não sei o que fazer para ajudá-lo, amados Mestres. Eu oriento a ele, e a minha intuição diz que ele passaria por esse período desempregado, e que seria um período necessário para que ele esteja preparado para a futura profissão. Mas ele não consegue descobrir qual é o aprendizado dessa fase. Ele fica imerso no problema, mas não enxerga onde está a lição. Eu sinto dificuldade em orientá-lo, até porque estou envolvida na situação, por ser a namorada, e receio acabar influenciando a resposta. Por amor, me ajude Mestres.


Resposta:

Filha. Ouça algo. A primeira coisa que necessita fazer é não se envolver com a situação dele. Você deve observar, mas mantendo a sua paz. Pois pensa que a lição é dele, mas será mesmo filha? Se divide uma vida junto dele, será que é apenas ele que precisa aprender a lição? A grande questão para ti, é que se envolve com as angústias dele, e não consegue se manter afastada. E até mesmo, ao achar que deve orientá-lo, você o afasta do propósito de que ele descubra a verdade dele mesmo. Há uma lição para ti, que é confiar na divindade de cada ser humano. Que cada um é capaz de encontrar as suas próprias respostas. Não é uma lição somente para ele, mas de convivência do casal, de divisão de tudo o que possuem, para que consiga se afastar das angústias da matéria, ainda que essas tragam pesar para aqueles que você ama. O que posso dizer, é que isso é algo que devem passar juntos, pois não diz respeito à profissão dele ou a qualquer situação, mas sim a ti. Você é aquela que o liberará dessa situação ao simplesmente deixar as suas angústias, deixar os seus quereres de lado, acreditando que tudo ocorrerá no momento mais adequado, não a ele, mas a ambos. Quanto a ele filha, ele está no processo dele, ancorando as lições que decidiu transcender, e assim ele o fará, no tempo mais adequado de seu desenvolvimento. A ti cabe silenciar. Acompanhar e confiar na maestria que ele traz dentro de si. Essa é a lição que necessita aprender. Estar ao lado, apenas a observar, sem se envolver, confiando que tudo é perfeito. Ao assim fazer, você o liberará para que ele encontre o caminho dele. Esteja em paz filha.

Sou Lis

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini – Março de 2017.

Colaboração: Ilza Barreto. 

Fonte: www.pazetransformacao.com.br