terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Sintam o que é a fé – Mestre El Morya


Amados irmãos, sou El Morya. 

A minha manifestação é sempre de força, de fé na vida, de proteção, de confiança em nosso próprio Deus interior. 

Foi a partir da experiência terrestre, que encontrei minha própria luz, que das sombras que eu guardava, dentro de mim, entreguei-me à vida com paixão, com luz, com confiança no fluxo. 

O caminho da vida na matéria não é dos mais simples, mas é um dos mais recompensadores à alma. A partir dele, ganhamos um salto quântico em termos de conhecimento de nós mesmos, em entendimento aos desígnios de Deus. Nós nos propomos a nos enfrentar, a desafiar nossa alma, a passar por todos os empurrões que a vida nos traz, e assim, vamos nos amortecendo interiormente, vamos nos purificando. E essa pureza traz o brilho de nossa alma, brilho conquistado em duras labutas, mas sabendo que Deus está no leme de nossa vida a nos guiar ao propósito maior da irmandade, da compaixão e do amor. 

Então quando me dirijo a vocês, é essa fé, essa confiança, esse amor paternal que transmito, pois é assim que Sou. Assim sou feito, como um ser que tem a missão de lhes transmitir essa confiança maior na vida, foi assim que o Pai me fez, e eu recebo essa missão de coração aberto e com muito amor. 

Vocês já devem ter ouvido de minha história, quando tinha tudo na vida, quando minha vida era feita da mais pura ilusão, de toda paz, de toda a riqueza, decidi abandonar tudo: família, conforto, absolutamente tudo que me ancorava, e me entreguei em confiança aos braços do Pai. 

Foi essa uma dura decisão na época, vivi ali os mais duros dias de minha existência, mas essa foi a melhor decisão que tomei. Pois, foi a partir daí, que descobri toda a fé que trazia no meu coração e, hoje, com a Graça de nosso pai, posso transmitir essa fé a vocês, meus irmãos. Eu irradio confiança, aquela onde se sentem abraçados e acalentados e então podem suportar as dores e as provas da vida, através da força que irradio do meu coração. Mas essa foi descoberta feita, a partir da entrega a Deus. 

Então eu dizia, em uma de minhas vidas fui um príncipe, criado nas muralhas de um castelo, onde então achava que a vida era aquela riqueza, o conforto e tudo que eu possuía. Mas foi então, que quando me deparei com o sofrimento de meus irmãos, com as provas que eles passavam na vida que senti que vivia cercado numa ilusão. Aquilo foi um choque tão grande a para mim, que me despertou a ira de não mais querer conviver com aquelas pessoas, naquele lugar. Fiquei magoado, porque eles haviam escondido a verdade de mim. Abandonei tudo, e quase cego por dentro, saí com a coragem que não sei de onde vinha, por sofrer as mais duras provas possíveis. 

Então, foram essas provas que me fizeram ver que eu não estava sendo enganado, mas protegido pelo amor que sentiam por mim. Então, ao perceber isso, descobri um amor que irradiava de dentro de mim, um entendimento complacente, um olhar de gratidão, por terem me privado de tanto sofrimento. Eu me apaixonei pela vida e por todas as pessoas, amei, mas amei do fundo do meu coração, a todos que passavam na minha frente, e desse amor pude descobrir toda a coragem, que meu ser abrigava. Pude ser eu! 

Mas vejam meus filhos, a experiência maravilhosa que descrevo a vocês agora. Quantas vezes os vemos reclamarem da falta de algo: da ausência de sucesso, de que a vida não é como sonhamos, de que as coisas simplesmente não caminham. Mas amplifiquem a visão, e se tivessem tudo que desejam, estariam prontos a suportar tudo, que Deus pode os oferecer com graça, facilidade e sem cometerem os abusos da matéria, que tanto conduzem nossos irmãos ao desvio do propósito? 

Vejam a benevolência do caminho, das provas, das dores, pois a partir dela, vocês podem se abrir com fé e confiança em Deus. Muitas vezes já temos tudo, mas não nos damos como satisfeitos, ficamos ali, a brigar com a vida, esperando que ela possa ser ainda melhor. Quando o que a vida nos pede é para nos atirarmos a ela, com coragem e confiança na divindade. Para que a partir dessas experiências, possamos transcender nossas dores e compreender do que a vida é feita: de amor e de felicidade, que irradiam de nosso coração ao mundo. 

É esse o propósito da vida. Encontrar essa força, essa fé, que se converterá numa profunda paz, pois passaremos a ter a certeza, de que absolutamente tudo está bem, que tudo está perfeito, pois temos aquilo que precisamos para transcender nossas próprias restrições, e nos abrirmos a eternidade da alma. 

Eu os asseguro, meu irmão, passei em minhas vidas por duras provas, guerras, restrições, lutas, mas foi quando me entreguei à vida, sem pensar onde ela me levaria, e confiei que Deus estava a me guiar, abrindo mão de tudo que possuía, foi que transcendi a matéria para a eternidade do amor de Deus. 

Não peço que façam o mesmo, mas sim, que vejam a vida nessa confiança, nessa fé em Deus, pois esse é o segredo da proteção. A fé de que o melhor se dará, o mais adequado ao nosso crescimento. 

Há sim duras provas pelas quais passamos, mas diante delas, podemos ter duas atitudes: ficar amargurados a reclamar da injustiça da vida ou nos atirar nos braços do Pai, em fé e confiança. 

E É essa fé, que descobri dentro de mim mesmo, que venho hoje a tentar os passar. Sintam-na e vivam a vida com entrega absoluta, pois será daí, que irradiarão a todos o amor que possuem dentro de si, e transformarão a vida que possuem, na vida entregue, absolutamente, ao Reino do amor de Deus. 

Sou seu irmão El Morya e agradeço a oportunidade de manifestação nesse momento. 

Observação: Em sua última encarnação terrena, o mestre foi El Morya Khan, filho do monarca de Bangladesh. Nesta existência, ele renunciou ao trono do qual era herdeiro e abraçou a vida religiosa, tendo ascencionado em 1888. Muitas foram as obras de Mestre El Morya no serviço à Luz.” 

Canal: Thiago Strapasson – 10/01/2017.

Colaboração: Rebeca Crivelaro Campos

Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/